Lata e seu abridor: 48 anos separam essas duas invenções
136
Compartilhamentos

Lata e seu abridor: 48 anos separam essas duas invenções

Último Vídeo

Parece meio óbvio: alguém inventa comida enlatada e junto, ou pouco tempo depois, alguém cria uma abridor de latas. Correto? Não foi exatamente assim que as coisas aconteceram com esse item que hoje em dia está presente em qualquer cozinha minimamente equipada.

Tudo começou em 1795, quando Napoleão Bonaparte — que também teve influência direta no desenvolvimento do lápis que usamos até hoje, como já falamos aqui no Mega  estava com problemas no fornecimento de alimentos para suas tropas. Devido ao tamanho delas, os suprimentos não chegavam e, tempo, considerando os métodos de conservação dos alimentos na época. Por isso, ele ofereceu um prêmio de 12 mil francos para quem inventasse um sistema de preservação de alimentos que acabasse com esse problema.

Quinze anos depois, Nicholas Appert conseguiu o prêmio. Ele desenvolveu um sistema no qual selava um recipiente, de modo que não existisse contato com o ar exterior, e posteriormente o esquentava. Hoje em dia, conhecemos esse processo como esterilização, mas, mesmo não entendendo os motivos, ele percebeu que assim o alimento dentro do recipiente não estragava.

No mesmo ano, Peter Durand recebeu uma patente do Rei George III pelo desenvolvimento da primeira lata feita de ferro e estanho. Juntando as duas descobertas, chegamos à nossa conhecida comida em lata. Naquela época, as latas eram muito mais grossas do que as existentes hoje em dia; porém, como dentro delas existia comida, os soldados arranjavam formas de abri-las.

O começo da evolução

Além de grossas, essas latas primitivas tinham uma produção muito lenta. A cada hora um trabalhador habilidoso conseguia produzir seis unidades, por isso elas não se popularizaram tão rapidamente. Conforme o tempo passou, novas tecnologias foram desenvolvidas, e em 1846 as latas podiam ser produzidas a uma taxa de 60 por hora, além de serem muito mais finas do que as primeiras.

Ezra WarnerEsquema do abridor de Ezra Warner

E foi em 1858, quase meio século após a invenção da primeira lata, que o primeiro abridor foi inventado. Como as latas eram mais finas, tornou-se possível desenvolver uma ferramenta leve que fosse capaz de abri-las com facilidade, e Ezra Warner foi o responsável pelo feito. O objeto era algo rudimentar, tanto que não existia uso doméstico, as latas eram abertas na própria loja, devido ao perigo na sua utilização.

William LymanEsquema do abridor de William Lyman

O primeiro abridor para ser utilizado domesticamente, sem riscos, foi criado em 1870 por William Lyman. Obviamente, não tinha a aparência de nenhum que utilizamos hoje em dia, mas ideia dele se mantém. Com esse modelo era necessário travar a ferramenta sobre a lata e, depois, girar uma borboleta que lentamente abria a tampa.

3

A última evolução relevante ocorreu em 1963, quando foi desenvolvida a lata com sistema para abertura superior utilizada até hoje, principalmente para bebidas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.