Conheça a história de Yasuke, o samurai negro
783
Compartilhamentos

Conheça a história de Yasuke, o samurai negro

Último Vídeo

Esta história parece roteiro de um bom filme, mas de acordo com registros de diversas fontes ela de fato ocorreu. Durante o período feudal, o Japão estava internamente dividido em províncias, governadas por senhores feudais chamados Damiôs, além de praticamente isolado do mundo exterior.

1

No mesma época, portugueses e espanhóis navegavam pelo mundo procurando novas rotas de comércio e, como já sabemos muito bem, novas colônias. Os lusitanos foram os primeiros europeus na ilha japonesa, apresentando aos habitantes sua língua, religião e escravos, em sua maioria africanos. Eles eram retirados de seus lares e levados pelo mundo para venda ou acompanhando seus donos, como foi o caso de Yasuke, o samurai negro.

Junto de uma missão jesuíta que chegou à ilha no século XVI, Yakuze acompanhava o missionário Alessandro Valignano, um dos primeiros europeus a levar o cristianismo para o Oriente. Existem poucas informações sobre escravos da época, mas, graças à troca de cartas entre Alessandro e outro missionário jesuíta, Luis Frois, boa parte da história desse samurai sobreviveu ao tempo.

Yasuke chamou a atenção desde sua chegada, pois acredita-se que ele tenha sido um dos primeiros negros vistos no Japão. Segundo carta de Frois, a curiosidade era tanta que a porta do local onde os jesuítas estavam hospedados foi quebrada por gente querendo ver Yasuke. Devido ao alvoroço causado na cidade, a notícia chegou ao Daimiô da região, fato que mudaria o destino do escravo.

Daimiô Oda Nobunaga

IMG-02

Como um grande interessado na cultura europeia, o Daimiô Oda Nobunaga ajudou os jesuítas a se instalarem na região, contribuindo até com a construção de uma igreja em Kyoto. Sua importância na história japonesa foi grande, pois sempre buscou a unificação do país, tanto que quando morreu metade das províncias estavam sob seu controle.

Os registros do primeiro encontro entre Yasuke e o Daimiô relatam que o africano possuía força equivalente a dez homens e mais de 2 metros de altura, o que no Japão significava ser mais alto do que a maioria. Nobunaga ficou fascinado com o estrangeiro e achou que sua pele tinha aquela cor devido a algum tipo de tingimento. Por isso, o Daimiô ordenou que ele tirasse sua camisa e esfregasse seu corpo com as mãos para provar que a coloração era natural.

Mesmo Yasuke sabendo poucas palavras em japonês, houve uma interação entre eles, tanto que de acordo com os registros o Daimiô gostou da conversa, tornando o antigo escravo seu empregado, com direito a pagamento, moradia e uma katana. A partir desse momento, Yasuke foi incorporado à cultura japonesa. Ele se tornou um samurai, provavelmente após algum treinamento, e passou a integrar a comitiva do Daimiô como um importante membro.

Pintura onde YasukePintura onde provavelmente Yasuke aparece

Nobunaga governou suas províncias até o ano de 1582, quando foi traído por um de seus aliados e acabou sucumbindo. Houve uma intensa batalha na tentativa de defesa de suas províncias, na qual Yasuke lutou bravamente, mas com a derrota o Daimiô cometeu o seppuku (conhecido também como harakiri), tirando a própria vida para não cair em mãos inimigas.

Após a derrota na batalha, Yasuke se rendeu ao inimigo. Como não era japonês, foi poupado da morte e enviado de volta aos jesuítas, com quem supostamente passou o resto de seus dias.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.