Copa 2018: polvo “vidente” do Japão vira comida antes de partida decisiva
478
Compartilhamentos

Copa 2018: polvo “vidente” do Japão vira comida antes de partida decisiva

Último Vídeo

Desde que o polvo Paul acertou previsões sobre a Alemanha na UEFA 2008 e na Copa 2010, inúmeros outros animais “videntes” tentaram ser emplacados pela mídia internacional. Agora, na Copa da Rússia, os japoneses tentaram apresentar ao mundo um novo polvo, chamado Rabiot, que acertou o resultado das três primeiras partidas do Japão.

Rabiot, um polvo-gigante-do-Pacífico, corretamente previu a vitória do Japão contra a Colômbia, na estreia do torneio, depois também adivinhou o empate contra o Senegal e a derrota para a Polônia. A seleção japonesa passou às oitavas-de-final e enfrentou a Bélgica na segunda-feira (02), em partida que definiria o adversário do Brasil na próxima fase.

polvo rabiotRabiot não teve tempo de fazer a última previsão

O método de adivinhação era simples: Rabiot era colocado no centro de uma piscina dividida em três partes, cada uma significando um resultado para a seleção japonesa (vitória, empate ou derrota). Para qual ele se dirigisse seria a previsão.

Porém, antes de poder adivinhar o resultado desta segunda-feira, Rabiot foi morto e colocado à venda no mercadinho de Kimio Abe, o pescador de 51 anos que “emprestou” o animal para as adivinhações. Seria um castigo para a seleção japonesa, que vencia por 2 a 0 e sofreu uma virada nos últimos minutos da partida? Com a derrota, o Japão voltou para casa mais cedo.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.