Polêmica: família tatua telefone em braço de menino com deficiência mental
385
Compartilhamentos

Polêmica: família tatua telefone em braço de menino com deficiência mental

Último Vídeo

Um dos maiores medos de famílias que possuem membros com algum tipo de deficiência mental é que algum dia eles saiam sozinhos de casa ou se percam na rua e não consigam informar quem são e onde vivem. Isso acontece todos os dias ao redor do mundo, mas um caso específico chamou a atenção pela “solução” encontrada.

Tudo começou quando a polícia de Wenzhou, a 1,6 mil km de Pequim, na China, recebeu informações de que um adolescente aparentemente desorientado estava caminhando sozinho em uma rodovia. As autoridades acharam o rapazinho e rapidamente notaram que ele de fato tinha algum tipo de limitação que o impedia de responder informações básicas, como nome e endereço.

Ao revistarem o garoto em busca de algum documento, os policiais encontraram duas sequências de números tatuadas em seu braço – a primeira estava riscada. Desconfiando que pudesse ser um número telefônico, eles discaram e foram atendidos pela mãe do garoto, que estava desesperada por notícias.

meninoMenino foi encontrado caminhando sem rumo

Os policiais foram em busca da mãe e notaram que ela tinha condições de cuidar do jovem, mas a decisão de tatuar o número telefônico os deixou intrigados. Ela respondeu que era justamente para caso o menino sumisse, mas os policiais alertaram para a falta de eficiência dessa prática: no caso de mudança de número, seria preciso atualizar a tatuagem mais uma vez. E, com isso, seria necessário submeter uma pessoa mentalmente incapaz a mais uma sessão de dor da tatuagem, algo que chamou a atenção de muitos chineses que criticaram a escolha da mãe.

As autoridades alertaram que existem braceletes bem seguros e de difícil remoção que poderiam entrar no lugar da tatuagem. Além disso, é importantíssimo criar um registro com as digitais das pessoas com deficiência para que as autoridades cheguem a seus parentes através dessa identificação. A tatuagem foi altamente criticada pela população em geral – poucos entenderam e apoiaram a decisão dos parentes do jovem. E você? Faria igual ou buscaria outras alternativas?

polemicaNúmero de telefone mudou, e nova tatuagem precisou ser feita

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.