Estudo mostra que pessoas frequentam 25 lugares regularmente
22
Compartilhamentos

Estudo mostra que pessoas frequentam 25 lugares regularmente

Último Vídeo

Assim como a Lorelai e a Rory, de "Gilmore Girls", vão ao Luke's, a galera de "Friends" bate cartão no Central Perk, e os amigos do Ted, em "How I Met Your Mother", não saem do MacLaren's Pub, é bem provável que você também tenha seus lugares cativos.

Sabe aqueles que você mais visita no seu dia a dia? Um bar ao qual você sempre vai com os seus amigos, o restaurante onde comemora as datas românticas, seu parque favorito para passear com o cachorro aos domingos e as escolhas cotidianas para almoçar fora durante a semana são apenas alguns dos atrativos que costumam se repetir mês a mês.

Um estudo realizado com 850 estudantes universitários do Reino Unido e da Dinamarca acompanhou os passos de cada um deles por meio do GPS de seus smartphones por 2 anos e percebeu que, na maior parte dos casos, o número de lugares aos quais uma pessoa vai com frequência é de exatamente 25.

Isso não significa que o ser humano não varie seus hábitos, mas sim que, em geral, quando um novo endereço entra no roteiro, outro perde assiduidade, e assim os hábitos vão sendo renovados. É mais ou menos aquela história de quando você frequenta o mesmo bar durante meses, mas aí começa a enjoar e deixa de ir por um tempo. Eventualmente, talvez você acabe voltando, mas talvez encontre outro para substituí-lo.

E é isso que o estudo mostra: em alguns casos, por mais que experimentem novidades, as pessoas acabam eventualmente retornando aos seus favoritos.

Expansão

Depois de chegar a esse resultado com as primeiras centenas de estudantes, os pesquisadores Laura Alessandretti, Piotr Sapiezynski, Sune Lehmann e Andrea Baronchelli decidiram expandir o corpus, de forma a entender se esse não seria um comportamento típico apenas de estudantes. Afinal de contas, quando você é universitário, é comum que seus passeios não ultrapassem muito os limites do RU.

Por incrível que pareça, mesmo sendo consideravelmente ampliado para 40 mil participantes, o resultado foi exatamente o mesmo: as pessoas visitam em média 25 lugares.

Com indivíduos de diferentes perfis, idades, estilos de vida e até países, os pesquisadores perceberam que é como se, humanamente, tivéssemos um limite de locais que conseguimos frequentar com regularidade.

Ambos os estudos devem servir como base para futuras análises de comportamento humano, psicologia e mobilidade. “Nós revelamos que os padrões de mobilidade evoluem de forma significativa e suave, e que o número de locais familiares que um indivíduo visita é de, em média, 25. Utilizamos essa descoberta para melhorar a modelagem de última geração da mobilidade humana. Além disso, mostramos que o tamanho do conjunto de locais preferidos de um indivíduo está correlacionado com o número de interações sociais”, explica o resumo do trabalho.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.