Conheça a história da garota mais beijada do mundo
75
Compartilhamentos

Conheça a história da garota mais beijada do mundo

Último Vídeo

Por mais que alguns países apresentem proporcionalmente um maior número de suicídios, esse é um problema global que precisa ser discutido e prevenido. Apesar de o modo de vida moderno e as novas tecnologias influenciarem esse tipo de decisão, não é de hoje que pessoas optam por acabar com a própria vida.

Diversas cidades pelo mundo possuem locais, geralmente com grandes vãos livres e belas vistas, que são conhecidos por servirem como pontos preferidos por quem já perdeu as esperanças. Em Paris, o famoso rio Sena é um deles, de onde são retiradas anualmente 200 pessoas mortas  das quais metade cometeu suicídio.

Existe registro desse tipo de ocorrência desde o século 19; a maioria dos cadáveres são de garotas jovens. Uma em especial foi resgatada, e sua feição se mostrava tranquila, fato que a fez trilhar um caminho totalmente inesperado.

Diversão macabra

Alguns meios de diversão que foram comuns em outras épocas podem ser considerados hoje absurdos e sem cabimento. E não é preciso pesquisar muito, pois diversos filmes já mostraram a vida dos gladiadores, que lutavam até a morte.

Imagine que, na Europa do século 19, execuções e aplicação de punições em público faziam parte do entretenimento popular. Dentro de um contexto assim, não é estranho imaginar que corpos resgatados no rio Sena fossem colocados em uma vitrine no necrotério, na esperança de que alguém reconhecesse as vítimas.

Um desses corpos colocados em exposição possuía uma beleza ímpar e uma feição serena. Tanto que o responsável fez um molde do rosto dela em gesso, transformando sua face em uma máscara, que se tornou popular em redutos boêmios da cidade.

O sorriso enigmático da moça enfeitiçou artistas, poetas e romancistas, e, ao longo de décadas, dezenas de poemas foram escritos e histórias inventadas para dar à jovem uma identidade, que nunca foi descoberta.

Bela inspiração

Richard Le Gallienne se inspirou na já famosa máscara e, em 1900, publicou "The Worshipper of the Image" ("O Adorador da Imagem", em tradução livre), onde um poeta se apaixonava perdidamente por uma máscara, ao ponto de a obsessão culminar na morte da sua filha e no suicídio de sua esposa.

Um filme alemão de 1936, chamado "Die Unbekannte" ("O Desconhecido", em tradução livre), também foi inspirado na face da bela garota, mas o responsável pela principal utilização do rosto foi um fabricante de brinquedos norueguês.

Em meados de 1960, o norueguês Asmund Laerdal foi procurado pelo médico austríaco Peter Safar, pioneiro na técnica de RCP (reanimação cardiorrespiratória), para desenvolver um boneco que seria utilizado no treinamento da nova manobra. Laerdal quase perdeu um filho afogado alguns anos antes, então colocou todos os seus esforços nessa produção.

Ele construiu o manequim do modo mais realista possível e utilizou como rosto a famosa máscara da menina resgatada no rio Sena. A boneca, chamada de Resusci Anne, ficou conhecida mundialmente por ser utilizada no treinamento de médicos e paramédicos em técnicas de ressuscitação por respiração boca a boca — e foi assim que nasceu a fama de garota mais beijada do mundo.

Farsa parisiense?

Desde que surgiu, a autenticidade da máscara tem sido colocada em dúvida. A grande questão é: a face é realmente de uma garota resgatada morta do rio Sena ou o molde foi retirado de uma modelo viva? As suspeitas surgiram porque, quando pessoas morrem por afogamento, acabam expressando todo o desespero em seus rostos, mesmo em casos de suicídio.

Para Pascal Jacquin, Chefe da Polícia Fluvial de Paris, responsável pela retirada de corpos do rio Sena, “é surpreendente ver um rosto tão sereno”. Coordenando toda a operação, ele pode ser considerado o homem que mais viu pessoas afogadas em Paris e explica que “quem é encontrado na água, seja por afogamento ou suicídio, nunca possui feições tão serenas. Eles incham e nunca têm essa boa aparência”.

A BBC consultou diversos especialistas sobre a questão, e as respostas foram unânimes: a moça do Sena parece saudável demais para ter sido encontrada morta por afogamento. Atualmente, é possível visitar a garota oficial no Museu Internacional Life Cast, em Boston, nos EUA.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.