7 coisas bizarras que mecânicos já encontraram dentro de carros
150
Compartilhamentos

7 coisas bizarras que mecânicos já encontraram dentro de carros

Último Vídeo

Trabalhar com mecânica automotiva não é uma tarefa fácil. Além de exigir bastante esforço físico, a profissão obriga a lidar com clientes apressadinhos ou “chorões” — afinal, desmontar um motor de seis cilindros certamente deveria ser mais barato (#sqn). O que você provavelmente não sabia é que esses trabalhadores também costumam encontrar alguns objetos bem estranhos dentro dos automóveis que estacionam em suas oficinas. Quer exemplos? Nós listamos alguns casos bem curiosos para você!

1) Pra lá de suculento

John Burkhauser se lembra bem desse caso: em uma sexta-feira, certa cliente deixou um carro em sua empresa Bolt On Technology, prometendo que voltaria para pegá-lo na segunda-feira subsequente. Ela cumpriu o prometido, mas, ao abrir o veículo, quase desmaiou com o cheiro de algo podre que exalava de seu interior. Acontece que havia um pedaço de melancia ali — dentro do plástico original do mercado —, que, após cozinhar em um calor de pelo menos 60 graus Celsius, se transformou em uma gosma marrom asquerosa.

2) Passou do ponto

Burkhauser não foi o único a ter problemas com itens perecíveis em dias de calor. Brian Glastetter, de Dallas, estava tentando consertar a transmissão de um veículo, mas um cheiro incômodo o impedia. Ao investigar a origem daquele odor insuportável, o mecânico encontrou uma coleção de cabeças de peixes putrefatas no calor de 37 graus Celsius. Brian jamais localizou o dono do carro para descobrir o porquê daquela carga bizarra.

3) Meu precioso

Eddie Kane, um mecânico que trabalha na cidade de Los Angeles, achou que estava prestes a enfrentar mais uma rotineira instalação de uma câmera de ré. Porém, ao passar os cabos do equipamento pelo carpete do esportivo em questão, o californiano encontrou um belíssimo anel de diamantes. Honesto, Eddie resolveu devolver a joia ao dono — o acessório pertencia a sua esposa, que o havia perdido duas semanas antes e estava com vergonha de confessar ao marido.

4) Veio de fábrica

Na década de 60, um morador de Newark, Nova Jersey, não aguentava mais ouvir um barulho estranho ao dirigir seu Ford Galaxy 1963 novinho em folha em aclives ou declives. Parecia que algo estava “escorregando” e “batendo” em algum lugar dentro do veículo. Quando o mecânico resolveu tirar o painel da porta do motorista, constatou que um funcionário na linha de montagem havia esquecido uma garrafa vazia de refrigerante lá dentro.

5) Carro bom pra cachorro

A missão do mecânico Robert Hill era simples: descobrir o motivo pelo qual a ventoinha de uma Mercedes-Benz havia parado de funcionar. O que o norte-americano não esperava era encontrar um rato em tal componente — e, pior ainda, cerca de 1 quilo de ração de cachorro espalhada por todo o sistema de ventilação do automóvel. Ele levou 2 horas para fazer a limpeza, e o cliente jamais soube explicar como essa sujeira toda havia entrado lá.

6) Teve até morte

Um colega de Glastetter — do segundo caso — estava trabalhando em um luxuoso Lincoln quando encontrou um pacote com nada menos do que US$ 60 mil em dinheiro vivo. Cauteloso, o mecânico convocou seu cliente (que ainda estava na oficina) para pedir que ele levasse consigo seus “itens valiosos”. A resposta, que veio seguida de uma risada, foi chocante: “Eu achei que tinham roubado isso aqui de mim. Acho que matei aquele cara por nada”.

7) Uns fios a mais

James Wilson quase passou desta para uma melhor ao aceitar dar uma olhada em uma BMW sedã que simplesmente não dava partida. Ao investigar a parte elétrica do carro, um de seus assistentes percebeu a existência de “fiações adicionais” na parte inferior do veículo. Tentando chegar à origem dos cabos extras, Wilson encontrou um detonador anexado a três bananas de dinamite. Felizmente, ninguém saiu ferido: o esquadrão antibombas foi convocado, o FBI confiscou o possante, e seu dono ficou feliz em saber que o “acessório” não funcionou como previsto — e sabe-se lá quem o instalou.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.