Novas evidências mostram que uma papisa pode de fato ter existido
51
Compartilhamentos

Novas evidências mostram que uma papisa pode de fato ter existido

Último Vídeo

Em várias áreas do conhecimento e em diferentes profissões, existem histórias de mulheres que, em um passado em que algumas atividades eram restritas a homens, se disfarçavam para poder fazer o que queriam. Agora, no entanto, estamos mais perto de acreditar que uma delas levou essa determinação ao extremo, chegando a se tornar papa — ou melhor, papisa!

O nome adotado por ela teria sido Papa John  Johannes Anglicus —, e ela não apenas teria se passado por um homem durante anos a fio, como também teria engravidado durante o período em que era pontífice.

Embora até então tudo isso fosse apenas um rumor, um babado forte estimulado ao longo dos milênios, um novo grupo de pesquisadores australianos liderados pelo arqueólogo Michael Habitch encontrou novas moedas de pratas antigas que indicam, por meio de um símbolo, que o Papa Johannes existiu de fato.

De um lado, a moeda trazia o nome do imperador dos francos e, no outro, um monograma do papa. A questão é que há mais de um desses tipos de inscrição que são como assinaturas cunhadas em metal. Além de um que é confirmado como símbolo de John VIII, que reinou entre 872 e 882, há outro que agora se acredita ser de Johannes Anglicus, que poderia ter sido papa entre 856 e 858.

“No começo, eu também acreditava que a história de Johannes era mera ficção; porém, quando fiz uma pesquisa mais extensa, notei a possibilidade de haver mais por trás da história”, disse Habitch ao site Live Science.

A Igreja Católica, claro, nega veementemente que Johannes tenha sido, na verdade, uma mulher e explica que os registros de alguém grávida dando à luz durante um papado se referem a uma sobrinha do Papa Urbano VIII.

O que a equipe de pesquisadores argumenta, contudo, é que não haveria motivos para que tais moedas fossem forjadas ou falsificadas, já que itens do tipo não possuem valor financeiro nem são de interesse de colecionadores  o que normalmente justifica as falsificações.

“Alguns abraçarão meu estudo e encontrarão outras evidências para os padres do sexo feminino nos primeiros séculos do cristianismo”, disse Habich. “Outros rejeitarão inteiramente a ideia e farão um grande barulho na mídia contra tais alegações. Uma grande batalha pode se seguir e durar para sempre”, opina.

A treta não vai ser novidade, no entanto! A existência dela intriga tanto as pessoas que a papisa já protagonizou livros, filmes, peças de teatro e outras obras de ficção.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.