Conheça um pouco das 10 das artes marciais mais letais do mundo
42
Compartilhamentos

Conheça um pouco das 10 das artes marciais mais letais do mundo

Último Vídeo

Artes marciais sempre foram um fascínio da natureza humana. Desde os tempos mais remotos, elas vêm sendo desenvolvidas e aprimoradas, seja para prática esportiva, relaxamento ou até mesmo situações de combate. As origens de cada técnica são as mais variadas e geralmente possuem duas finalidades: atacar e derrotar um oponente da maneira mais eficiente possível ou autodefesa.

As lutas podem ser divididas entre as que utilizam armas e aquelas em que o corpo é o único instrumento. Pensando nesse contexto, separamos as 10 artes marciais mais letais de todos os tempos e suas origens. Vai que alguma delas desperta seu interesse!

1 - Bokator

Com origem no Camboja estimada há mais de mil anos, o estilo se assemelha muito ao Muay Thai Boran, da Tailândia. A tradução literal seria algo como “batendo um leão” e faz sentido se observarmos todos os golpes de joelho e cotovelos utilizados. Quase todos os professores de Bokator foram assassinados no “Genocídio Cambojano”, período em que se estima que quase 2 milhões de pessoas foram executadas.

O Bokator renasceu no início dos anos 90, quando o grande mestre San Kim Saen, um dos sobreviventes, abriu uma escola para ensinar a arte milenar. Ao todo, menos de dez professores conseguiram resistir ao massacre e recomeçaram os ensinamentos. Não existem campeonatos nacionais da modalidade devido à grande violência dos seus golpes, que podem até matar.

2 - Combato

Existem muitos estilos desenvolvidos pelos militares, e o Combato é um deles. Criado por Bill Underwood no início de 1900, foi mais utilizado pelas forças armadas canadenses durante a Segunda Guerra Mundial. Como era muito violento, Bill decidiu não passar adiante os conhecimentos necessários para que a técnica viesse a se proliferar. Em vez disso, criou o mundialmente conhecido Defendo.

3 - Shippalgi (Sib Pal Gi)

Popularmente conhecido como “Os Dezoito Caminhos”, esse estilo busca preservar as artes marciais coreanas, especialmente após a invasão japonesa em 1900. O manual militar com os 18 estilos foi intitulado “Muyejebo” (em tradução livre, “Ilustrações de artes marciais”), escrito em 1610. Quando ainda não havia armas de fogo envolvidas nos treinamentos, os fundamentos do Sib Pal Gi focavam em golpear, fatiar e empurrar.

4 - Capoeira

Aqueles que conseguiam fugir da escravidão no Brasil precisavam de alguma maneira se proteger e esconder. Para isso, se misturavam à vegetação rasteira, o que fez surgir muitas das posições utilizadas. A fim de disseminar a capoeira amplamente entre aqueles que ainda estavam aprisionados, passos de dança e música foram adicionados, escondendo assim que o real objetivo era uma arte marcial.

A mescla de ataque e defesa em movimentos contínuos, usando rasteiras, saltos e outras acrobacias, fazem da capoeira um estilo letal. Hoje em dia, muito mais artística e cultural do que em sua origem, a modalidade varia entre movimentos mais rápidos ou lentos dependendo do tipo de música que é tocada para acompanhar.

5 - Método de Luta Keysi

A sigla em ingês é KFM e ficou popularmente conhecida após ser utilizado como parte das cenas de luta dos filmes "Batman Begins" e "O Cavaleiro das Trevas". Com origem nos ciganos espanhóis, sua base é a autodefesa e envolve muito das brigas de rua. Suas técnicas permitem lutar contra diversos oponentes ao mesmo tempo e em qualquer lugar.

6 - Sambo

Foi desenvolvido no início dos anos 20 pelo exército soviético, visando incrementar as forças especiais. A ampla disseminação se deu quando uma onda de crimes assolou o país e o Sambo passou a ser ensinado a toda a população.

7 - Kung Fu

Uma das mais famosas artes marciais do mundo, Kung Fu teve início há mais de 4 mil anos. Inicialmente desenvolvida como uma maneira de sobrevivência, engloba na  verdade diversos estilos distintos. Popularizou-se no mundo a partir da década de 60, com os filmes de ação de Bruce Lee. Suas premissas focam muito mais em defesa, concentração de energia e equilíbrio entre corpo, mente e ambiente.

8 - Jiu Jitsu Brasileiro

O brasileiro Royce Gracie foi um dos principais responsáveis pela disseminação desse estilo de luta. Após ele ganhar o UFC 1, 2 e 4, muitas pessoas ao redor do mundo foram buscar os ensinamentos e as técnicas vencedoras com o lutador. Famoso pelo combate de solo eficaz, utilizando o corpo adversário como arma, o estilo é letal.

9 - Muay Thai

O boxe tailandês é uma prática milenar na região asiática. Desenvolvida há mais de 2 mil anos, inicialmente a modalidade envolvia o uso de diversas armas no combate. Por ser muito intenso e violento, os alunos acabavam frequentemente se ferindo de maneira grave. O modo de contornar essa situação foi reduzir a atividade somente ao corpo; esse novo método foi aprimorado para o que hoje é conhecido como Muay Thai.

10 - Krav Maga

É considerada a mais letal arte marcial já desenvolvida. Criada pelas forças armadas israelenses, é um estilo não esportivo, já que a intenção original é deixar o adversário com a maior dor possível no menor tempo, incluindo também sua morte, se necessário. Já que um dos objetivos é finalizar rapidamente o embate, os alvos são as partes mais vulneráveis do corpo, como articulações, pescoço, olhos e face.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.