The Tulip: conheça o incrível projeto do novo arranha-céu de Londres
13
Compartilhamentos

The Tulip: conheça o incrível projeto do novo arranha-céu de Londres

Último Vídeo

A cidade de Londres está próxima de ganhar mais um arranha-céu — o segundo maior de todos, para ser mais específico. Conheça o The Tulip (ou A Tulipa), prédio que recebeu esse nome justamente por ter seu topo no formato de um broto de tal flor. Desenhada pelo famoso arquiteto Norman Foster, a obra terá nada menos do que 305,3 metros de altura e será erguida ao lado do The Gherkin, também traçado por Foster e considerado um dos ícones da arquitetura contemporânea londrina.

Mais interessante ainda é saber quem é o principal investidor do projeto: ninguém menos do que o banqueiro brasileiro Joseph Safra, fundador do Grupo Safra (do qual faz parte a instituição financeira homônima). Vale a pena observar que Joseph tem um longo histórico de apreciação das obras de Foster, e, em 2014, adquiriu o edifício The Gherkin por nada menos do que US$ 3 bilhões. Sendo assim, é natural que o empresário esteja interessado em “incentivar” a nova construção desde o início.

O esperado é que o The Tulip comece a ser erguido em 2020 e esteja pronto até 2025. Diferente de seu “irmão” The Gherkin, o arranha-céu não será um complexo corporativo, mas sim um centro de cultura e entretenimento, com um total de 12 andares recheados de bares, restaurantes e galerias de arte. No topo, o “broto” transparente dará aos visitantes uma vista panorâmica de Londres; os mais corajosos poderão ainda dar um passeio em elevadores ovais que circulam pelo exterior do prédio, como gotas de orvalho escorrendo de manhã.

Obstáculos desde já

Com suas proporções astronômicas (ele só perderá o posto de maior arranha-céu da cidade para o Shard London Bridge, que possui 306 metros de altura) e design excêntrico, o The Tulip tem tudo para se transformar em um dos principais pontos turísticos de Londres ao longo dos próximos anos. Não é à toa que o Foster + Partners, escritório de Foster, estima que sua “obra-prima” receba pelo menos 20 mil visitas por ano — e, visto o conteúdo do prédio que será primariamente comercial, isso também simboliza um bom lucro.

Porém, como nem tudo são flores, é válido citar também que o projeto já está enfrentando algumas polêmicas antes mesmo de começar a ser construído. De acordo com especialistas do Aeroporto da Cidade de Londres (LCY), localizado a menos de 10 quilômetros de distância de onde o The Tulip será erguido, os tais elevadores-gôndolas que vão ficar girando no exterior da construção podem confundir os sistemas de controle de tráfego aéreo. Isso poderia, em tese, até causar um acidente.

Além disso, não foram todas as pessoas que gostaram do visual diferenciado que Foster desenhou. Em entrevista ao The Guardian, civis criticaram o projeto, que foi descrito como “um desesperado esforço por um efeito ostentatório” e “algo que se encaixaria melhor em Dubai, e não em Londres”. E você, o que acha dessa ideia? 

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.