Mãe contagia o Facebook ao publicar sua história de superação

Mãe contagia o Facebook ao publicar sua história de superação

Último Vídeo

Faye Lewis estava a ponto de desistir de seu doutorado por conta das dificuldades. Mas, enquanto mexia em seus pertences, encontrou uma sacola com seus antigos crachás e percebeu o quão longe ela havia chegado. Então, tirou uma foto deles e postou no Facebook para se motivar. Ela só não esperava que aquele ato fosse ter uma repercussão tão grande.

Aos 16 anos, obteve o seu primeiro emprego na KFC, onde permaneceu por algum tempo. Desde pequena, Faye sabia que queria ser enfermeira. Contudo, as coisas não aconteceram como o planejado. Ela estava na universidade, mas tinha sido rejeitada pelo curso dos seus sonhos. Além disso, Faye teve uma gravidez inesperada em 2010 e interrompeu os estudos para cuidar do filho na casa dos seus pais.

Porém, apesar dos problemas, sempre existe uma luz no fim do túnel. Dito isso, naquela mesma época, Faye foi promovida à gerente do KFC e tornou-se governanta em Mill Creek, uma casa de idosos. Ademais, ela conseguiu concluir seu treinamento de auxiliar em enfermagem por meio de um programa de assistência governamental e, logo após, começou a trabalhar no hospital Memorial Medical Center.

O seu sonho estava finalmente tomando forma. Dentro daquele ambiente hospitalar, cercada por tantos modelos a seguir, Faye percebeu que precisava continuar seus estudos. Então, ela se inscreveu em um programa de licença prática em enfermagem, que conciliava com o seu trabalho no KFC. Depois disso, não satisfeita, Faye decidiu entrar na ADN (Associate’s Degree in Nursing), um curso profissionalizante de curta duração.

Apesar das boas-novas, os desafios ainda estavam à espreita. Um dos seus professores comentou que, durante o curso, muitos estudantes perdiam seus entes queridos. Ela não deu muita importância àquilo, mas coincidentemente um incêndio destruiu sua casa poucos dias depois. Faye perdeu seu pai, três primos e seu cachorro. “Quando eu soube, caí de joelhos. Minha mãe sobreviveu por um milagre divino”, declarou ela.

Mesmo abalada com a situação, Faye decidiu seguir em frente e permaneceu forte. Ela teve que se virar nos trinta para lidar com a dor da perda e continuar sua vida corrida: criar seu filho, trabalhar no hospital de dia, gerenciar o KFC e estudar à noite. Ela finalizou o curso em 2014 e, em seguida, ingressou em um bacharelado, no qual se formou em 2016.

Atualmente, Faye está cursando doutorado em enfermagem domiciliar, do qual não pretende mais desistir. “Nunca se entregue, continue tentando e pense positivo apesar das circunstâncias”, Faye declarou. A sua história ensina que, com perseverança, nenhum obstáculo é grande demais.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.