Eis por que você nunca deve irritar a sua vizinha geóloga
397
Compartilhamentos

Eis por que você nunca deve irritar a sua vizinha geóloga

Último Vídeo

Um caso curioso ocorreu recentemente no estado da Califórnia, nos EUA. Melissa Scruggs, uma geóloga que atualmente está se preparando para alcançar seu Ph.D. em vulcanologia, foi obrigada a colocar suas próprias habilidades à prova ao ser incomodada por alguns vizinhos. Scruggs contou toda a sua saga no Twitter, e — não poderíamos esperar algo diferente — a história acabou viralizando nas redes sociais, gerando um turbilhão de seguidores para a professora universitária.

Acontece que, de uns tempos para cá, alguns jovens estudantes bem inconvenientes se mudaram para a casa vizinha da californiana — e, como todo jovem estudante norte-americano, eles gostam bastante de festejar. “Eles se mudaram em julho de 2018. No começo eu fiquei um pouco preocupada, pois sabia que eles gostavam de festas grandes, mas eu normalmente sou uma pessoa bem tranquila com som alto, desde que não fiquem em meu quintal”, explicou.

Acontece que, no conjunto de casas em que Scruggs mora, as cercas de madeira que separam uma residência da outra possuem pedras destinadas a aumentar a segurança caso alguém, digamos, não seja lá um condutor muito experiente. “O propósito é que você não acabe derrubando a cerca inteira se for muito ruim em estacionar”, explicou a geóloga. Porém, o problema surgiu em uma animada noite de sexta-feira.

Scruggs saiu de casa para pedir aos estudantes que se mantivessem fora de seu gramado e percebeu que havia carros na calçada atrapalhando a sua passagem; logo, deixou bilhetes educados pedindo que eles fossem removidos às 7h, horário em que ela precisa sair para trabalhar. Pois bem: os jovens não só ignoraram o bilhete, como ainda resolveram rolar a pedra gigantesca de arenito para frente do carro de Scruggs, resultando na imagem que vemos acima.

Resolvendo o problema

“Na verdade, essa foi a segunda vez que isso aconteceu. Alguém decidiu que a pedra era muito inconveniente para ele e a empurrou mais para o meu lado. Eles ignoraram meus pedidos de ajuda para retorná-la à posição original e demorou alguns dias até eu conseguir ajuda”, explica. Dessa vez, porém, os vizinhos não contavam com um pequeno detalhe: Scruggs, por conta de sua área de atuação, possui uma britadeira em casa — e não teve medo de utilizá-la de madrugada, enquanto os universitários curtiam uma ressaca.

“Pois é. Eu sou a moça malvada que pede que, se eles fizerem uma festa, estacionem na calçada e retirem seus carros às 7h para que eu possa ir trabalhar. Eu sou horrível”, caçoou a professora, em sua conta no Twitter. Scruggs ainda detalhou que, fazendo o seu “trabalho” de forma calma, ela conseguiu destruir a rocha de arenito em cerca de 4 horas. Agora, sim, dificilmente o pedregulho vai incomodar algum dos lados envolvidos.

E você, o que achou da atitude da norte-americana?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.