Dose de fofura do dia: Vídeo registra baleia bebê logo após seu nascimento

Dose de fofura do dia: Vídeo registra baleia bebê logo após seu nascimento

Último Vídeo

O vídeo foi feito na costa de Maui por pesquisadores da Universidade do Hawaii durante o Programa de Pesquisa de Mamíferos Marinhos de Manoa. O líder do projeto, Lars Bejder, estava filmando baleias em um local próximo quando recebeu uma ligação inesperada de uma empresa de turismo. 

As pessoas se espantaram com uma agitação atípica no mar e, logo depois, com o surgimento de uma grande quantidade de sangue na água. Isso chamou a atenção dos pesquisadores que se deslocaram imediatamente até o lugar. Chegando lá eles descobriram o que havia causado aquela comoção toda: uma baleia jubarte havia acabado de nascer. Eles utilizaram o equipamento disponível para gravar o vídeo, um registro raro de um momento íntimo entre a baleia jubarte e seu filhote.

Reprodução/Marine Mammal Research Program

"Acho que todo mundo pode admirar um momento como esse, isso nos aproxima desses animais e nos dá uma visão realmente majestosa deles.", declarou Bejder. Além de ser um momento tocante, a oportunidade de presenciar o momento e registrá-lo foi essencial para os pesquisadores. Atualmente, sabe-se muito pouco sobre como as jubartes dão à luz.

Em 2017, um estudo publicado no Functional Ecology demonstrou que as baleias se comunicam entre si de um jeito "silencioso" para evitar baleias assassinas e outros predadores, além de machos jubarte depravados por sexo. Além disso, os bebês jubartes são totalmente dependentes do leite de suas mães durante seu primeiro ano de vida. Em resumo, as jubartes são animais extremamente cooperativos. 

Reprodução/Whale Trust

Segundo os pesquisadores, a gestação dessas baleias dura aproximadamente 11 meses e sabe-se que a ligação entre mãe e filhote é bem particular e intensa. O Hawaii é um ambiente propício para a reprodução desses animais, que retornam no início do ano às ilhas durante a sua migração para o Alasca.

Apesar disso, não se tem registro de nenhum nascimento nos últimos 30 anos, de acordo com a Whale Trust, organização ambiental focada no estudo e preservação de baleias. Por esse motivo, os pesquisadores ficaram tão empolgados com o vídeo, que deve ter um papel importante no estudo da espécie.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.