Time de futebol polonês coloca torcida adversária em gaiola de metal

Time de futebol polonês coloca torcida adversária em gaiola de metal

Último Vídeo

Você consegue se imaginar indo assistir um jogo de futebol do seu time na casa do adversário e acabar trancado dentro de uma gaiola com outros torcedores durante toda a duração da partida? Pois isso aconteceu na Polônia, durante um confronto da 3ª divisão do campeonato nacional, entre as equipes do Spartakus Daleszyce e do Hutnik Krakow e causou um choque internacional.

Na Polônia é regra manter as torcidas adversárias completamente separadas, devido ao histórico de brigas violentas. Normalmente, como geralmente acontece no Brasil, a torcida visitante fica em uma parte isolada do estádio. Entretanto, times menores como o Spartakus, não contam com arenas enormes, então optam pela gaiola de metal.

Isso não é nenhuma novidade por lá, mas acabou chamando atenção mundial quando um site de futebol polonês resolveu divulgar a situação dos torcedores online. Cerca de 100 torcedores do Hutnik espremidos na gaiola, tentando acompanhar o jogo por entre as barras de metal ou escalando até o topo das grades.  Ao perceber a indignação de fãs do esporte ao redor do mundo, o presidente do Hutnik, Artur Trebacz resolveu colocar a boca no trombone e reclamar diretamente com o Comitê de Segurança da Associação Polonesa de Futebol. Confira abaixo o que ele escreveu em sua carta:

Reprodução/Szosti/StadionowiOprawcy.net

“Os torcedores foram trancados em uma gaiola pequena feita de barras grossas, que parecem gaiolas para animais selvagens no zoológico. Nós entendemos que as medidas de segurança são muito importantes, mas não podemos ir a extremos, porque essas “construções” certamente não trazem civilidade à comunidade dos estádios.”

Um porta-voz do Spartakus afirmou que o clube usa essa estrutura a bastante tempo e que o Hutnik é a primeira equipe a reclamar. Segundo eles o setor para torcedores adversários está de acordo com as recomendações e requisitos estabelecidos pelo próprio comitê de segurança e que eles não são o único time a optar por este tipo de solução em seus jogos.

“Cuidamos da torcida visitante da melhor forma que podemos, disponibilizando acesso ao banheiro e uma equipe de paramédicos. Às vezes damos garrafas de água e, quando solicitados, nós até oferecemos lanches,” finalizou o porta-voz na resposta às reclamações do adversário.

Não sabemos se a Associação Polonesa de Futebol irá reavaliar a situação das gaiolas, mas pelo menos os torcedores do Hutnik puderam sair da gaiola com uma vitória de 1 a 0 sobre o Spartakus.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.