Homem se emociona ao encontrar um curativo de seu tom de pele pela 1ª vez

Homem se emociona ao encontrar um curativo de seu tom de pele pela 1ª vez

Último Vídeo

Pode parecer pequeno, até uma bobagem para aqueles que nunca tiveram que passar por uma situação como essa. Mas para Dominique Apollon, de 45 anos, foi um momento importante encontrar um curativo que não se destacasse em sua pele. 

“Precisei de 45 voltar ao redor do sol, mas pela primeira vez na vida eu sei como é ter um “band-aid” no meu tom de pele. Você mal pode ver na primeira foto. De verdade, estou segurando as lágrimas,” contou Apollon em um tweet que viralizou.

Reprodução/Dominique Apollon

Negro de pele retinta, ele sempre precisou se contentar com curativos que foram pensados para a pele de pessoas brancas, e que apareciam de longe quando ele os usava. Ele, mais tarde, colocou um curativo “regular” em sua pele para fazer a comparação.

Muitas pessoas apoiaram Apollon em seu tweet e muitas criticaram sua reação como exagerada e perguntaram qual a real significância de um curativo em seu tom de pele. O ator da saga Star Wars, John Boyega, que tem origem nigeriana e pele retinta explicou pela sua perspectiva na indústria cinematográfica:

“Nos estúdios de filmagem acabamos nos cortando bastante, os maquiadores precisam pintar os curativos para deixá-los marrons e nos deixar prontos para gravar.”

Quando questionado porque ele só usou um curativo desses agora, sendo que eles existem há tempos, Apollon respondeu “Não é que eu não soubesse que esses curativos existiam. Mas eu, definitivamente, não esperava as emoções complexas que apareceram quando eu o vi “desaparecer”.

“Não estou dizendo que a indústria precisa desenvolver curativos com cores que se igualem a todos os tons de pele do espectro humano. O ponto é que em uma sociedade justa, todos deveriam se sentirem apreciados, abraçados e enxergados,” completou ele. 

Depois do tweet de Apollon a marca do curativo, Tru-Colour Bandages, anunciou que a sua loja precisou ser re-estocada devido à grande procura. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.