Abrigo de animais zoa 'Área 51' para campanha de adoção

Abrigo de animais zoa 'Área 51' para campanha de adoção

Último Vídeo

A Área 51 gerou um frenesi mundial e, muito tem se falado nas redes sobre fazer uma invasão coletiva no local no mês de Setembro — plano que pode ou não vingar. Mas, independentemente do sucesso ou fracasso dessa suposta invasão, o tema que se tornou viral está surtindo efeitos positivos graças à criatividade de uma mulher chamada Natalie Winfree. 

Ela coordena um abrigo de animais na cidade de Oklahoma (Oklahoma City Animal Welfare), nos Estados Unidos. E, nesta última sexta-feira (20 de julho), ela resolveu surfar na onda de fama da Área 51 e se deu muito bem. Winfree, utilizando papel alumínio, fantasiou de ET's os animais mais simpáticos do abrigo e postou na internet. O objetivo, claro, era atrair atenção para a causa do Oklahoma City Animal Welfare.

Doguinhos posando para a foto no abrigo (Reprodução/OKC Animal Welfare)

“Venham invadir nosso abrigo.”, ela escreveu na postagem que rodou o mundo. “Nós temos excelentes animais prontos para te proteger dos aliens da Área 51. Adoção não é uma coisa de outro mundo!”. Não demorou muito para que as fotos alcançassem o marco de 8.400 mil compartilhamentos no Facebook. No Reddit e no Twitter, o abrigo ganhou ainda mais visibilidade. A cereja do bolo, contudo, foi a veiculação da notícia pela CNN e pela CBS News

O gatinho sem nome (Reprodução/OKC Animal Welfare)

Em uma declaração para o site Mashable, Windfree afirmou que ela tenta se aproveitar de momentos virais e trendings para divulgar o abrigo, atraindo pessoas para adotar animais. Essa postagem, no entanto, representou seu melhor desempenho (apesar das várias tentativas anteriores). Certamente, Winfree não imaginava que seu trocadilho iria gerar tamanha repercussão. "Tivemos 22 adoções no sábado (21 de julho), o que é bastante alto para um dia de semana.”, ela afirmou.

Quando questionada sobre os animais que estrelaram em seu post, ela informou que apenas 3 foram adotados: Sam (um labrador de 3 meses), Piper (dona das antenas metálicas) e um gato sem nome (que foi flagrado exibindo um colar prateado). Somente Lady, uma cachorrinha de 3 anos de idade, filha de labrador e pastor-alemão ainda não encontrou um lar. 

A cachorrinha Piper (Reprodução/OKC Animal Welfare)

A coordenadora afirma que os moradores locais podem apoiar a causa apenas visitando o abrigo. Mas, além disso, ela espera que os usuários da internet se inspirem através de sua postagem e apoiem os abrigos de suas cidades. "Eu não tinha ideia de que o post ficaria tão popular.", observa Winfree. "Agora só espero continuar acompanhando as tendências.".

Você adotaria algum desses bichinhos para se proteger dos perigos da Área 51? Compartilhe conosco nos comentários.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.