Falar sobre si mesmo em terceira pessoa pode aliviar o estresse

Falar sobre si mesmo em terceira pessoa pode aliviar o estresse

Último Vídeo

Todo mundo conhece aquela pessoa que adora falar sobre si mesma, não é mesmo? Se isso é chato? Às vezes, principalmente se a pessoa usa o tempo para se vangloriar. Mas se isso é recomendado por especialistas? Sim, com certeza. De acordo com um artigo divulgado recentemente pela The British Psychological Society Research Digest, o hábito de falar sobre si mesmo em terceira pessoa é uma oportunidade de fazer uma auto-reflexão, aliviar angústias e, inclusive, evitar episódios de depressão.

Sendo assim, para especialistas, falar sobre você, como se você fosse na verdade uma outra pessoa, evita que maus pensamentos fiquem sendo remoídos internamente. Ao invés disso, a pesquisa sugere que ao adotar uma fala com comportamento retórico (de conversar sobre você, com você, mas sendo você uma outra pessoa - calma, que não ficamos loucos), estaríamos usando o que o filósofo Júlio César chamou de illeismo, que nada mais é do usar esse método sob o pretexto de dar mais objetividade às decisões . Principalmente as que tratam da nossa vida pessoal (que convenhamos, faz muito sentido). 

Dessa maneira, a fala em terceira pessoa, acaba permitindo que você mude a sua perspectiva e, em alguns casos, vença até alguns preconceitos. A pesquisa dos psicólogos diz que além de melhorar a tomada de decisões, esse comportamento também pode apresentar benefícios ao longo prazo, tanto na organização dos pensamentos, como também para evitar que a pessoa viva em uma montanha russa emocional. 

Fala em terceira pessoa ajuda na organização dos pensamentos. Foto: Pixabay

Para ilustrar a ideia da pesquisa, imagine uma famosa (e triste) DR com seu namorado ou namorada. Segundo o estudo, incluir na fala o uso da terceira pessoa ajuda na compreensão do seu ponto de vista e também aceitar os limites de até onde você pode ir na discussão. A dica é só avisar o parceiro sobre o que você está fazendo, para não correr o risco dele ficar ainda mais irritado.

E aí, o que você vai fofocar sobre você com você mesmo hoje?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.