5 empregos muito seguros que resultaram em acidentes fatais

5 empregos muito seguros que resultaram em acidentes fatais

Último Vídeo

Acidentes de trabalho são mais comuns do que aparentam. Existem muitos empregos perigosos que tendem a compensar o risco com salário mais altos; policiais, bombeiros, seguranças e dublês são alguns exemplos desses profissionais.

Porém, afastar-se desses tipos de trabalho não é uma garantia de segurança. Qualquer um pode estar no lugar errado e na hora errada, e mesmo as profissões mais livres de risco pode sofrer com acidentes.

5. Jardineiro

(Fonte: Pexels)

Em 2014, no Reino Unido, Nathan Greenaway deu entrada às pressas no hospital. Os médicos não conseguiram decifrar o que havia de errado com o homem de 33 anos, que morreu 5 dias depois por falência múltipla dos órgãos.

Greenaway era jardineiro e trabalhava em um grande terreno. Com isso, concluiu-se que ele tocou em uma flor do gênero Aconitum, que possui mais de 200 espécies, a maioria extremamente venenosa. Essas plantas podem envenenar por ingestão ou contato com a pele, causando tontura, vômito, diarreia, palpitações, paralisia cardíaca e respiratória e até a morte.

4. Advogado

(Fonte: Pixabay)

O advogado Clement Vallandigham foi contratado para defender Thomas McGehean no caso de um suposto assassinato, em 1871, em Ohio. Thomas Myers estava em seu quarto quando cinco desconhecidos invadiram o lugar e uma briga começou. Quando Myers sacou a pistola, tiros foram ouvidos, então ele próprio atirou algumas vezes e caiu morto.

Não se sabe o que realmente aconteceu, mas testemunhas mencionaram McGehean. Todos sabiam que ele e Myers se estranhavam, então juiz e jurados acreditaram em sua culpa.

(Fonte: Pixabay)

Para Vallandigham, Myers atirou em si próprio por acidente. Para provar isso, ele fez um experimento com sua própria pistola. Depois, ao voltar para o hotel, recebeu a arma de Myers para análise e quis fazer uma demonstração para um visitante, colocando as duas armas lado a lado — uma carregada, outra não. Ele acabou atirando em si mesmo, no estômago, com a arma errada.

3. Chef de cozinha

(Fonte: Pexels)

Peng Fan preparava um prato raro, feito com uma cobra cuspidora da Indonésia. Enquanto tentava jogar fora a cabeça do animal, atordoada 20 minutos antes para isso, recebeu uma mordida na mão.

O veneno causa asfixia, já que o sistema respiratório é paralisado pela neurotoxina. A única salvação para Fan seria receber um antídoto no hospital, mas quando a ajuda médica chegou ao local ele já havia morrido.

2. Operador de roda-gigante

(Fonte: Pexels)

Em 2003, Doug McKay, coproprietário de um parque de diversões em Idaho, escalou a plataforma de uma roda-gigante para lubrificar uma parte dos trilhos. Um carrinho duplo o atingiu, carregando-o por mais de 9 metros pelo ar até soltá-lo.

Durante a queda, o empresário bateu no brinquedo várias vezes antes de parar em uma cerca de metal. De acordo com um dos médicos, é provável que o impacto inicial tenha causado um traumatismo craniano fatal.

1. Fazendeiro

(Fonte: Pixabay)

Em fevereiro de 2019, no Zimbábue, três plantadores de tabaco não esperavam encontrar perigo em seu caminho. Eles estavam selecionando o plantio em um galpão de palha quando um raio acertou o trio. A polícia rapidamente confirmou as mortes como um trágico acidente.

Alguns minutos depois de uma tempestade ter começado, John Gede, de 44 anos, trabalhava ali perto quando viu o fogo. Ele gritou por ajuda, mas era tarde demais para salvar os fazendeiros.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.