2.938
Compartilhamentos

Padre resgata cães de rua e os leva à missa para adoção

São mais de 30 milhões de animais abandonados só no Brasil segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), mas ainda há pessoas de bom coração que lutem pelos cães e gatos de rua, como este padre do município de Gravatá, em Pernambuco. 

O padre João Paulo retira cães das ruas, alimenta-os e fornece cuidados veterinários para a recuperação de sua saúde. Aos domingos, os animais são levados para a missa na Paróquia de Sant'Ana para que possam encontrar uma nova família, amor e carinho.

Enquanto celebra a missa, os cachorros andam livremente pela igreja, chamando a atenção dos fiéis e conquistando possíveis novos donos. Entretanto, mesmo aqueles que não encontram um dono não voltam para a situação de abandono: todos os animais resgatados ficam na casa paroquial até serem adotados.

Fonte: Facebook/Paróquia de Sant'Ana Gravatá

Em seu Facebook, o pároco pernambucano compartilha: “Enquanto padre eu for desta igreja, eles sempre poderão entrar, dormir, comer, beber sua água e encontrarão abrigo e proteção, pois essa casa é de Deus e eles são de Deus. Se eu, que sou o maior pecador, posso entrar, imagine esses anjinhos de quatro patas. Ninguém toca nos meus protegidos".

Não é conhecido o número exato de resgastes realizados, mas sua ação inspiradora já tirou dezenas de animais abandonados das ruas — além de repercutir nas redes sociais, tocando pessoas do Brasil e do mundo com seu gesto de bondade e solidariedade. 

Fonte: Facebook/Paróquia de Sant'Ana Gravatá

Em 4 de outubro, dia de São Francisco — o padroeiro dos animais —, foi realizada na Paróquia a missa da Celebração e Bênção dos Animais, na qual os fiéis foram convidados a levarem seus cães, gatos e outros animais domésticos à igreja para receber as bênçãos. 

Outros projetos sociais são levantados pelo padre João Paulo e pela comunidade católica local, como doação de brinquedos para crianças atendidas por serviços pastorais e entrega de cestas básicas para detentos de uma cadeia pública.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.