O 5 piores tipos de relacionamento da década

O 5 piores tipos de relacionamento da década

Último Vídeo

Os anos 2010 foram muito marcantes em termos de relacionamento. Uma das razões para isso é que foi justo nessa década que os aplicativos de namoro e afins cresceram e se fortaleceram. Tinder, Pof, Happn, entre outros, caíram no gosto das pessoas e se tornaram uma forma bastante comum de se encontrar pessoas para um romance.

Em meio ao impacto da tecnologia nas interações humanas e as transformações sociais que ocorreram nos últimos anos, diversas formas de relacionamentos surgiram. Contudo, muitas delas foram bem ruins e é sobre elas que falaremos adiante.

1. Orbiting

aq

Você conhece uma pessoa, vocês se dão incrivelmente bem, tudo está às mil maravilhas. Contudo, passa o tempo e as coisas ficam estranhas e começam a esfriar e de repente a pessoa some. Normalmente, a tendência é cortar e fugir de qualquer contato, certo? 

Bem, a pessoa que pratica o orbiting some da sua vida, não responde suas mensagens, mas fica sempre rondando suas redes sociais, curtindo suas postagens, vendo seus stories.

2. Ghosting

a

Uma das piores e mais covardes formas de relacionamento. Ela é anterior à decada de 2010, porém tem se tornado cada vez mais comum.

Ghosting nada mais é que quando sua paquera, ficante ou mesmo namorado, sem nenhum motivo aparente, simplesmente some. Isso pode acontecer do nada ou então progressivamente.

Ele não responde mais seus emails, mensagens, ligações, foge de qualquer contato, sem dar explicação alguma.

3. Submarining

a

É quando você até está tendo uma interação bacana com a pessoa, mas na hora que tenta combinar um encontro, a pessoa não responde, emudece... e vai responder dias depois. 

Outra forma de submarining é quando a pessoa deixa de entrar em contato por um tempo, mas um dia, de repente, vem com o clássico "oi, sumida", como se nada tivesse acontecido.

4. Breadcrumbing

a

É quando a pessoa não quer nada com você, mas dá muita brecha e até mesmo dá em cima só para satisfazer o próprio ego e vaidade.

5. Cushioning

a

É quando a pessoa continua batendo papo com vários "contatinhos", deixando todos no famigerado "banho-maria", para o caso do relacionamento sério dela não der certo. É o conhecido "plano B".

.....

E aí, já passou por alguma situação dessas? Conta pra gente aqui nos comentários!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.