Coalas vítimas dos incêndios na Austrália voltam para casa

Você se lembra da temporada de incêndios da Austrália que durou de junho de 2019 até o começo do ano de 2020? Além de o desastre natural ter destruído florestas por todo o país da Oceania, ele também deixou inúmeros animais sem suas casas. Entre as vítimas da catástrofe estão os fofos coalas, que começaram a voltar para as florestas agora em abril.

A volta pra casa

Esses coalas, além de perderem seu habitat, haviam se machucado durante o incidente e foram socorridos por cuidadores do Koala Hospital, em Port Macquarie, na Austrália. Dos animais que foram resgatados pelo grupo, 49 retornaram às florestas e aos seus habitats selvagens na primeira quinta-feira (02) deste mês.

O retorno foi fotografado e divulgado pela página do Facebook da agência de viagens Greater Port Macquire. Segundo a postagem, o momento de despedida e de reconexão dos coalas com o hábitat natural foi algo mágico e extremamente emocionante para os voluntários e para os animais. As imagens são muito lindas!

(Fonte: Greater Port Macquire/Facebook/Reprodução)(Fonte: Greater Port Macquire/Facebook/Reprodução)

(Fonte: Greater Port Macquire/Facebook/Reprodução)(Fonte: Greater Port Macquire/Facebook/Reprodução)

(Fonte: Greater Port Macquire/Facebook/Reprodução)(Fonte: Greater Port Macquire/Facebook/Reprodução)

Entre as vítimas da temporada de incêndios está a coala Anwen, que demorou cinco meses para se recuperar das queimaduras que sofreu e de uma infecção de clamídia. Agora, ela está de volta ao seu lar no Lake Innes Nature Reserve, onde estão vários coalas que foram tratados e reabilitados.

Confira um vídeo da época em que a fofíssima Anwen já estava recuperada e em processo de reabilitação:

A temporada de incêndios

catástrofe que atingiu o país oceânico começou em setembro de 2019 e continuou até o começo do ano de 2020. Durante o período de queima, foram queimados aproximadamente 10 milhões de hectares, que é uma área maior do que Portugal, desde Brisbane, no Norte, até a região de Mallacoota, no sul do país.

As causas do incêndio, segundo informações oficiais, foram a seca e o calor. O desastre natural fez 29 vítimas fatais humanas, mas os danos que causou à fauna australiana são considerados inestimáveis já que aproximadamente 1 bilhão de animais, segundo a World Wide Fund for Nature, foram mortos durante a temporada.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.