Gato de 3 patas é adotado após história emocionante

Bubby é o nome do gato que já deve ter feito você sorrir ao abrir esta matéria. Ele não tem uma das patas dianteiras nem uma parte do rabo; por outro lado, há carisma e sagacidade de sobra em seu corpinho.

Em 2012, o simpático felino perambulava pelas ruas de Grand Falls-Windsor, no Canadá, quando um dia decidiu entrar na cozinha da casa de Boyd Abbott. Como o morador não só não se importava com a visita, como ainda a incentivava, Bubby passou a ir ao local todos os dias.

(Fonte: Instagram/somebubbytolove/Reprodução)
(Fonte: Instagram/somebubbytolove/Reprodução)

Ao que parece, ele não estava muito interessado em ser de fato adotado e permanecer na área interna da casa, então Boyd e outros membros de sua família decidiram cuidar dele da forma que era possível. E foi assim por um bom tempo.

A situação só mudou quando o homem faleceu. Apesar de seus pedidos, ninguém da família se dispôs a cuidar de Bubby, então o gato simplesmente sumiu.

O retorno e a reviravolta

Eis que, em 2019, Bubby reapareceu na região, mas bem mais velho e fraco. Nessas condições, infelizmente não teria como sobreviver por muito tempo ao inverno rigoroso. Por conta disso, um vizinho que o reconheceu decidiu pedir à nova moradora da casa que deixasse o gato entrar caso ele aparecesse por lá.

A tática foi tão certeira que funcionou já no dia seguinte. Bubby entrou no local e, por isso, o rapaz conseguiu levá-lo até a sede da Exploits Valley SPCA Adoptables, uma organização voltada ao bem-estar animal. Graças a essa movimentação, lá o gato sagaz foi examinado e tratado adequadamente, o que permitiu que ele se recuperasse da desidratação e de outras condições que o deixavam bastante abatido. 

(Fonte: Instagram/somebubbytolove/Reprodução)
(Fonte: Instagram/somebubbytolove/Reprodução)

Foi nessa fase que entrou em cena a voluntária Sarah MacLeod, que se ofereceu para cuidar de Bubby em sua casa. “Eu sabia que queria adotá-lo de verdade mesmo antes de levá-lo para casa. Não estávamos buscando um gato, então precisei convencer meu namorado”, ela conta.

Felizmente, parece que ela não precisou se esforçar tanto nesse ponto, e Bubby está muito contente e adaptado à nova realidade de gato doméstico. “Um dia, voltei do trabalho e encontrei o Bubby e meu namorado no chão. Logo vi que ele o havia conquistado. Bubby ronrona desde que acorda até quando vai dormir e nunca pediu para sair. Ele deve saber que agora tem um lar, para sempre”, finaliza Sarah.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.