Seja o primeiro a compartilhar

Como John Wojtowicz virou um anti-herói ao roubar um banco pela esposa

“Esta é uma oferta irrecusável”, disse o personagem de Al Pacino, Michael Corleone, no emblemático filme O Poderoso Chefão (1972), após o mafioso Moe Greene recusar a proposta da família de comprar seu cassino.

Quando o criminoso John Wojtowics chegou até o caixa do banco Chase Bank (Brooklyn, EUA), em 22 de agosto de 1972, e reproduziu a mesma fala de Pacino antes de anunciar um dos assaltos mais emblemáticos daquele tempo —, quais eram as chances de o plano ter dado certo?

Afinal de contas, ele era apenas um amador. Nunca havia cometido nenhum crime, apenas, talvez, o de amar Liz Eden demais.

Um homem comum

(Fonte: EsqRever/Reprodução)(Fonte: EsqRever/Reprodução)

Até o final da década de 1960, John levava uma vida normal. Nascido em 9 de março de 1945, em Nova York, ele foi atraído pelo serviço militar como a maioria dos jovens de sua idade, visto que o país atravessava os horrores da Guerra do Vietnã, que contribuía, pela primeira vez na História, na desestimulação do exercício do patriotismo nos americanos.

Antes de ser mandado para a guerra, ele teve sua primeira relação sexual com outro homem, como parte de uma espécie de trote que todos os calouros precisavam passar. Quando voltou para casa, em meados de 1967, John teve que lidar com os horrores da guerra, principalmente por ter sido o único sobrevivente de um ataque que matou todo o seu batalhão, e o que estava em sua cabeça após seu primeiro contato com um homem.

John foi trabalhar como caixa no Chase Bank, no bairro de Gravesend (Brooklyn, NY), onde conheceu Carmen Bifulco, com quem acabou casando no final daquele ano e tendo dois filhos. É possível que essa tenha sido a forma que ele encontrou para soterrar as sensações e sentimentos que tinha por outros homens.

(Fonte: BBC/Reprodução)(Fonte: BBC/Reprodução)

Mas John não conseguiu viver sua mentira por muito tempo. Ele se separou em 1969, se entendeu como um homem bissexual e se juntou à Gay Activist Alliance, após policiais terem invadido um clube gay em Greenwich Village, arrastando funcionários e clientes para fora do estabelecimento — incitando a fúria da comunidade LGBTQIA+ e dando início à Rebelião de Stonewall.

Em 1972, John conheceu Ernie Aron, que se identificava como mulher e atendia pelo nome de Liz Eden. No mesmo ano, os dois se casaram em uma cerimônia não formal, visto que casamentos LGBTQIA+ só seriam considerados legais em 2015 nos EUA.

Leia também: A Revolta de Stonewall e o início do movimento LGBTQIA+

A oferta irrecusável

(Fonte: Orange County Register/Reprodução)(Fonte: Orange County Register/Reprodução)

Eden fantasiava com uma cirurgia de redesignação de sexo, um custo de cerca de US$ 3 mil a US$ 4 mil naquela época, sem incluir as demais despejas médicos que norteavam o procedimento cirúrgico. Com essa realidade muito longe de suas condições financeiras, isso potencializou seu quadro de depressão causado pelo constante martírio que era para Eden conviver com um sexo que não correspondia com sua identificação. 

John sempre se opôs ao procedimento, porém, ao perceber que aquela condição poderia tirar Eden de sua vida quando ela tentou cometer suicídio, ele decidiu que financiaria sua operação, nem que precisasse roubar um banco para isso — e foi exatamente o que ele fez. Essa parte da história é considerada meio nublada porque ninguém sabe ao certo se John roubou o banco para a cirurgia de Eden, ou se para pagar o dinheiro emprestado da máfia para os mesmos fins.

De qualquer forma, ele, de fato, recrutou Bobby Westenberg e Salvatore Naturile, ambos conhecidos de um bar gay, para ajudá-lo em seu plano. Sem nenhum preparo, o trio se hospedou em um hotel em Nova York, em 22 de agosto de 1972 e, antes da primeira tentativa, eles foram até o cinema assistir O Poderoso Chefão, saindo da sessão se sentindo inspirados e "prontos" para o crime.

(Fonte: Inside Edition/Reprodução)(Fonte: Inside Edition/Reprodução)

Na primeira tentativa, eles deixaram a arma cair, fazendo com que ela disparasse e os forçando a fugir antes mesmo que pudessem anunciar o assalto. Na segunda vez, Westenberg encontrou um amigo de sua mãe e o trio teve que cancelar a operação. 

Até que John teve a "brilhante" ideia de assaltar o Chase Bank, onde havia trabalhado. Assim que entraram, foi ele que disse à funcionária do caixa a emblemática frase de Pacino: “Esta é uma oferta irrecusável”, antes de anunciar o assalto. O tiro, que não disparou, quase saiu pela culatra, visto que o amadorismo dos homens era tamanho que eles sequer haviam checado se aquele era o dia de o dinheiro ser coletado.

Por sorte, o cofre estava meio vazio, rendendo a eles apenas US$ 38 mil em espécie e US$ 175 mil em cheques, antes que um dos funcionários pudesse soar o alarme para alertar a polícia. Westenberg conseguiu fugir, mas John e Naturile ficaram.

Caótico, mas emblemático

(Fonte: Deadline/Reprodução)(Fonte: Deadline/Reprodução)

Apesar da cena infame, eles estavam tão determinados em fazer aquilo acontecer que fizeram 8 pessoas de refém no banco, dando início a um dos maiores circos midiáticos da época, que duraria 14 horas, atingindo escala nacional.

O trio inexperiente conseguiu arrebanhar em uma barreira na rua policiais, jornalistas, agentes do FBI e até franco-atiradores, enquanto uma multidão de 2 mil espectadores adicionava uma camada a mais na atmosfera caótica da cena. Quando John pediu pizza para os reféns, pagou o entregador com uma quantia imensa e ainda lançou dinheiro para a plateia inquieta, o primeiro ato do show estava completo. Quanto mais dinheiro voava pelos ares, mais a multidão aplaudia e ovacionava o homem.

Em momento nenhum os reféns se sentiram ameaçados, percebendo o propósito dos rapazes, que tinham a intenção de entrar e sair o mais sorrateiramente o possível do banco, não de protagonizar aquele espetáculo. Portanto, eles acabaram desenvolvendo certo carinho por eles, mas não era o que as autoridades e a mídia achavam à medida que as horas avançavam.

(Fonte: NY Daily/Reprodução)(Fonte: NY Daily/Reprodução)

Após 14 horas de sequestro, tudo terminou quando a dupla conseguiu chegar a um acordo com o FBI, que concordou em embarcá-los em um voo internacional partindo do Aeroporto Internacional John F. Kennedy. Assim que a dupla chegou, porém, Naturile foi morto a tiros pelos agentes e John foi preso.

John Wojtowicz foi condenado a 20 anos de prisão, porém foi liberado em 1978, após 5 anos do cumprimento da pena. Ainda preso, ele vendeu os direitos de sua história para o filme biográfico Dog Day Afternoon (1975), com Al Pacino o interpretando, por US$ 7.500. John destinou esse valor para que Eden conseguisse realizar a tão sonhada cirurgia, embora ele nunca tenha levado a sério sua identidade de gênero.

Apesar de ter sido um anti-herói da tragicomédia que foi sua vida, cuja história ganhou um Oscar de Melhor Roteiro, John morreu aos 60 anos de câncer na casa de sua mãe, em 2 de janeiro de 2006, como uma pessoa comum, após anos sobrevivendo do dinheiro da previdência social.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.