Barbie ensina garotas a se prepararem para o apocalipse zumbi
Seja o primeiro a compartilhar

Barbie ensina garotas a se prepararem para o apocalipse zumbi

Equipe MegaCurioso

Fonte: secretarcticbase.com

Durante décadas, Barbie foi o brinquedo do sonho de muitas garotas, ajudando a moldar a imagem de uma adulta loira e extremamente magra como a mulher que todas deveriam ser. Agora, após mais de 50 anos desde seu lançamento original, a boneca ganha a versão “Zombie Attack Barbie”, que tem como objetivo ajudar as nossas crianças com táticas de sobrevivência para o inevitável apocalipse zumbi que se aproxima.

Contando com uma roupa de batalha na cor rosa, o brinquedo vem acompanhado por acessórios úteis como um capacete, uma bazuca com duas recargas, algumas granadas, um bastão de críquete e, claro, uma indispensável espada samurai. A Barbie matadora de zumbis é recomendada para todas as idades, e tem lições a ensinar até mesmo para mulheres adultas.

Ensinamentos valiosos para a vida adulta

A coleção também incluiu uma versão de Ken, que infelizmente não resistiu à epidemia e foi transformado em zumbi. Mais do que uma morte trágica, o personagem serve como uma boa forma de mostrar que, para sobreviver, não há como ter pena dos entes queridos que se transformaram em criaturas famintas pela carne humana.

A “Zombie Attack Barbie” não se trata de uma produção da Mattel, mas sim uma brincadeira criada pela artista Sarah Anne Langton. Ou seja, por mais interessante que o brinquedo seja, são bastante escassas as chances de algum dia encontrá-lo na prateleira de grandes lojas.

Via Tecmundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER