Os retângulos representam a placa, que vibra em contato com os eletrodos, mostrados pelo tom mais claro de cinza. (Fonte da imagem: Reprodução/Arstechnica)

Você já ouviu falar de fônons? Esse termo é usado na Física para quantificar vibrações diferenciadas em corpos sólidos. Apesar de conhecerem a fundo a tal partícula, os cientistas não eram muito capazes de controlá-la, já que elas são ainda mais instáveis que os fótons, que agem a partir da luz.

Agora, cientistas japoneses tiveram sucesso em controlar essas vibrações mecânicas usando oscilações iguais induzidas eletricamente – em resumo, manipular fônons usando um conjunto igual de partículas.

De acordo com o Ars Technica, o que os pesquisadores fizeram foi criar uma cavidade acústica ressonante, na qual uma onda inicial de vibrações fica responsável por “criar” uma segunda leva de movimento, que pode ser estudada por equipamentos de sinal da equipe.

Apesar da complexidade do experimento, tudo é mais simples do que parece: os cientistas utilizaram apenas um semicondutor de arsenieto de gálio, que vibrava após a interação de eletrodos com os elétrons da placa.

A descoberta pode ser um grande passo na nanotecnologia, já que controlar esses corpos pode ajudar na compreensão de fenômenos em corpos sólidos ou na manutenção e interação de sistemas mecânicos.