Na Inglaterra, homem é condenado por estuprar um escorregador de parquinho
163
Compartilhamentos

Na Inglaterra, homem é condenado por estuprar um escorregador de parquinho

Último Vídeo

Você já ouviu falar em parafilia? Resumidamente, é o desejo sexual que nasce além da cópula em si, como por alguns objetos inanimados, e se divide em diversas ramificações. A agalmatofilia, por exemplo, é a atração por estátuas. Já a aiquemofilia se caracteriza pelo prazer no uso de objetos cortantes.

Mas olha que curioso este caso de parafilia que aconteceu em Coventry, na Inglaterra. Na cidade de pouco mais de 300 mil habitantes, um homem de 46 anos foi proibido de frequentar parquinhos de crianças ou qualquer outro lugar que tenha um escorregador! Em 18 de agosto, ele foi preso por simular um ato sexual com um brinquedo desse tipo no Stoke Green Park.

Para piorar, o homem era reincidente nesse tipo de “ataque”. Em julho do ano passado, ele foi detido por um crime semelhante. No tribunal, ele se declarou culpado e recebeu a sentença de três anos sem se aproximar de qualquer lugar que contenha um escorregador. Desde praças e parques a balneários e piscinas públicas.

"Vítima" não quis ser identificada nem comentar a decisão judicial

Ele também teve que pagar uma multa de £ 55, uma indenização de £ 60, custas judiciais de £ 85 e mais £ 180 de taxa do tribunal! No total, £ 380 – o equivalente a R$ 2,3 mil no câmbio de hoje. Ele também terá que frequentar um centro de reabilitação sexual por 18 meses. A “brincadeira” no parquinho saiu cara, hein?

Você já tinha ouvido falar em algum caso parecido, caro leitor? Achou a condenação justa? Comente aí embaixo!

***

Homem é condenado na Inglaterra por simular ato sexual com um escorregador! Confira essa história e comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.