Gosta de viajar? Seu avião pode estar sendo bombardeado por radiação
35
Compartilhamentos

Gosta de viajar? Seu avião pode estar sendo bombardeado por radiação

Último Vídeo

Os raios são fenômenos naturais que, apesar de belíssimos — quando observados à distância e de um lugar seguro! —, são eventos aos quais não queremos enfrentar durante as nossas viagens de avião. Contudo, na década de 90 a NASA identificou um tipo de raio que, de tão super-rápido, passa quase sempre despercebido pelos olhos humanos. Quando visível, ele tem a aparência de um flash com um brilho azulado.

Esses eventos normalmente ocorrem nas mesmas altitudes pelas quais os voos comerciais circulam. Eles são produzidos quando os elétrons presentes no campo elétrico de uma tempestade se deslocam quase à velocidade da luz e colidem com átomos, provocando a emissão de raios gama. E foi devido a essa emissão de radiação que um grupo de cientistas resolveu realizar um estudo para determinar o grau de exposição de tripulação e passageiros.

Ultrarrápido

Fonte da imagem: pixabay

Apesar de esses raios ultrarrápidos acontecerem com certa frequência, eles não têm o mesmo efeito destrutivo dos raios mais convencionais. Segundo Joseph Dwyer, físico responsável pelo estudo, a boa notícia é que as doses de radiação são equivalentes às que somos expostos durante um exame de tomografia computadorizada. De acordo com o pesquisador, poderia ser pior, embora seja necessário determinar com qual frequência esses raios ocorrem.

Para isso, seria necessário instalar detectores de radiação gama nas aeronaves, que mediriam a frequência com a qual esses flashes ocorrem, além de, quem sabe, identificar se existem outros tipos de raio que, tal como esse sendo estudado, ainda não foram identificados. Felizmente, os pilotos têm como política desviar suas rotas de tempestades; de qualquer forma, até que se saiba mais sobre esses fascinantes eventos, confira a previsão do tempo antes de embarcar.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.