Conheça o segredo que vai ajudar o seu bebê a dormir tranquilo a noite toda
26
Compartilhamentos

Conheça o segredo que vai ajudar o seu bebê a dormir tranquilo a noite toda

Último Vídeo

Quem é pai ou mãe já sabe que é na hora do sono que a casa finalmente fica em silêncio e é quando os pais também podem aproveitar para relaxar. No entanto, os momentos que antecedem essa tranquilidade costumam ser cercados por muito choro, muita birra e poucos olhinhos fechados para a criança e bastante estresse para os adultos.

Enquanto o bebê ainda é recém-nascido, ele passa entre 15 e 18 horas por dia dormindo, mas sempre acordando a cada três ou quatro horas para mamar, trocar a fralda ou por causa das temidas cólicas. Conforme vai crescendo, seu filho vai ficando mais esperto e passa mais tempo acordado, embora as noites ainda sejam tortuosas, já que ele vai despertar várias vezes e você, é claro, vai acordar junto.

O sono do bebê muitas vezes é subestimado: os pais, principalmente os de primeira viagem, acreditam que a criança vai dormir assim que estiver cansada. Na prática, o que acontece é muito diferente, e o pequeno acaba irritado e chora mais que o normal.

A importância do sono é tamanha que um estudo do instituto alemão Max Planck comprovou que é durante as sonecas que os bebês fixam tudo o que aprenderam durante o dia, transformando-os em conhecimento de verdade. Além disso, a Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, concluiu que as crianças que dormem durante a tarde são mais inteligentes e possuem uma memória mais apurada em comparação com aquelas que não têm este momento durante o dia.

Se você está enfrentando dificuldades com a hora do cochilo ou com o boa-noite, algumas dicas podem ajudar a deixar a tarefa mais agradável, tanto para os pais quanto para os pequenos:

ESTABELECER UMA ROTINA

A criança precisa ter uma rotina definida e sem muitas alterações durante toda a semana. Por isso, tente fazer com que ele desperte todos os dias no mesmo horário, realize as atividades como brincar, tomar sol e ir para o banho sempre na mesma sequência, além de horários regulares para as mamadas.

ENSINAR A DIFERENÇA ENTRE DIA E NOITE

Desde que estão na barriga da mãe é possível perceber se a criança tem hábitos diurnos ou noturnos; basta observar o período de maior movimentação do bebê. Entretanto, desde as primeiras semanas após o nascimento, mesmo no berço ou no carrinho de bebê, elas precisam identificar no mundo aqui fora a diferença entre estes horários e, para isso, os pais devem manter hábitos que as ajudem como, por exemplo: manter a casa iluminada com luz natural de dia, ter barulhos do ambiente doméstico e externo (telefone, aspirados de pó, buzinas de carros) e estimular a interação. À noite, o ambiente deve ficar escurecido e silencioso e as interações devem ser mais suaves.

VERIFIQUE O BERÇO

Durante o dia, a criança não precisa ficar no berço, mas à noite é aconselhável que ela tenha o local como uma referência para a hora de dormir. Para isso, é necessário que o espaço seja confortável e também seguro, sem a presença de almofadas e bichinhos de pelúcias por perto para eliminar o risco de sufocamento. O colchão e a roupa de cama devem servir como uma luva na caminha para que o bebê não caia entre o vão nem consiga puxar o lençol, e precisam ficar em altura baixa para que o bebê não se aventure nas perigosas escaladas.

HISTÓRIAS E CANÇÕES DE NINAR

Desde a época da sua avó ou ainda antes, estas duas táticas eram praticamente infalíveis! O hábito de contar histórias antes de dormir reflete positivamente no seu pequeno até a idade adulta enquanto que as canções ajudam a estimular a linguagem das crianças. Ambas as oportunidades, ainda, ajudam a estreitar os laços entre mãe, pai e filho além de acalentar a criança para que o sono seja calmo.

NA ESCOLINHA

Se precisar deixar o seu filho desde cedo na escola, é essencial procurar se informar se o local oferece tempo e espaço para o cochilo do seu filho durante o período, com uma rotina diária para que ele possa se acostumar. O ambiente para dormir preferencialmente deve ser diferente do espaço onde são realizadas as estimulações, ou, pelo menos contar com recursos que ajudem as crianças a pegar no sono tranquilamente, já que quando elas não adormecem na escolinha elas podem dormir no carro, prejudicando o sono noturno reparador.

Se nada disso funcionar, mantenha a calma. Certifique-se de que seu filho não está dormindo em excesso durante o dia ou a noite, pois isso pode acabar prejudicando a qualidade do sono. Se ele estiver muito irritado e há vários dias com o sono irregular, vale apelar para métodos como a famosa voltinha de carro, desde que isso não se torne um hábito que ele associe ao cochilo. Um médico também pode verificar se não existe nenhum problema incomodando o bebê, principalmente quando ele ainda é muito novinho, ou então, se for necessário, um homeopata pode recomendar uma receita tranquilizante e natural.

Quando ele finalmente pegar no sono, aproveite o descanso! Nunca se sabe quando isso vai acontecer de novo!

Via assessoria

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.