(Fonte da imagem: Thinkstock)

Alguma vez você já se perguntou se uma chama pesa alguma coisa? Afinal, sempre que observamos fogueiras ou velas queimando, por exemplo, temos a impressão de que o fogo simplesmente flutua, não é mesmo?

Mas de acordo com o site Ask a Mathematician, o fogo, embora pese bem pouco — e no caso de um incêndio essa informação deve ser a última das nossas preocupações —, ele tem peso sim.

Segundo a lei dos gases ideais — e desconsiderando detalhes como elementos químicos e plasma, por exemplo —, a densidade de um gás é inversamente proporcional à sua temperatura (na escala Kelvin).

Levinho

De acordo com a explicação do site, se tomarmos como base a temperatura e a densidade do ar — ou seja, 300 K e 1,3 kg/m³ — e considerarmos a temperatura média de um incêndio em campo aberto (algo em torno dos 1.300 K), é possível calcular a densidade do fogo.

Para isso, precisamos considerar dois fatores. Primeiramente, a maioria das chamas “corriqueiras” que vemos por aí apresenta uma densidade que corresponde a aproximadamente um quarto à do ar. Em segundo lugar, o ar pesa cerca de 1,3 kg/m³ no nível do mar — sendo assim, de acordo com os cálculos propostos pelo site, o fogo pesa cerca de 0,3 kg/m³. Além disso, mais uma curiosidade: as chamas sempre queimam para cima porque a sua densidade é menor do que a do ar!

Fonte: Ask a Mathematician