Trigêmeos nascem com diferença de cinco anos na Inglaterra
267
Compartilhamentos

Trigêmeos nascem com diferença de cinco anos na Inglaterra

Último Vídeo

O casal Kevin e Nicola Brightey passou 15 longos anos em uma batalha constante e onerosa para conseguir ter filhos. As tentativas tiveram início logo após o casamento, em agosto de 1998, quando Nicola descobriu que possuía suas trompas de falópio bloqueadas por cicatrizes — resultado desastroso de uma peritonite que a havia acometido aos 15 anos. Bem, isso apenas torna ainda mais surpreendente a história dos trigêmeos do casal.

Mas há algo ainda mais surpreendente: embora os irmão James e Daniel tenham nascido em dezembro de 2008, a terceira dos gêmeos, Elizabeth, nasceria apenas 5 anos mais tarde — embora todos os três tenham sido concebidos no mesmo dia. O milagre, entretanto, tem nome: fertilização in vitro.

R$ 80 mil em tratamentos

Conforme divulgou o site Daily Mail, Kevin e Nicola tentaram por um longo tempo conceber uma criança pelos padrões convencionais. Entretanto, descoberto o impedimento das trompas de falópio, a esperança deslocou-se para a fertilização in vitro (na qual o óvulo é fertilizado por um espermatozóide fora do corpo da mulher).

Fonte da imagem: Reprodução/DailyMail

O preço do tratamento, entretanto, acabava constituindo outro impedimento. Dessa forma, foi necessária uma economia conjunta de três anos, conforme revelou o casal ao referido veículo, a fim de juntar um montante equivalente a R$ 80 mil.

Entretanto, a primeira tentativa acabou não vingando. “O ciclo falhou completamente, e eu produzi apenas um óvulo, o que foi realmente devastador”, disse Nicola. Não obstante, uma segunda tentativa acabaria por gerar 14 óvulos, sendo que oito deles acabaram fecundados, dos quais dois foram devolvidos ao útero — restando, portanto, seis óvulos fecundados no freezer da clínica.

“Nós queríamos mais um irmão para os gêmeos”

A despeito das preocupações normalmente relacionadas à fertilização in vitro, os gêmeos James e Daniel nasceram saudáveis em novembro de 2008. Pouco tempo depois, entretanto, Kevin e Nicola decidiram que gostariam de dar um irmão aos gêmeos, e então o casal retornou à clínica.

“Nós realmente queríamos tentar conceber outro bebê; nós pensamos que isso ajudaria os gêmeos a desenvolverem suas habilidades sociais, por terem outro irmão para considerar”, disse Nicola ao Daily Mail.

Fonte da imagem: Reprodução/DailyMail

Dessa forma, após mais uma tentativa falha — o embrião acabou não sobrevivendo —, um dos seis embriões deixados na clínica na segunda tentativa acabou por se firmar no útero de Nicola. “Nós não tentamos com dois porque já tínhamos gêmeos”, ela diz. “Surpreendentemente, eu descobri que estava grávida, o que foi muito emocionante.”

“Eles se pareciam com três ervilhas em uma vagem”

Dessa forma, aproximadamente cinco anos depois do nascimento dos irmãos, Elizabeth era concebida no Peterborough City Hospital. Embora não tenha dividido a barriga de Nicola com Daniel e James — não sendo, portanto, gêmea, ao menos em sentido estrito —, o óvulo que originou Elizabeth foi, de fato, concebido no mesmo dia.

“Elizabeth era idêntica aos meninos quando nasceram — eles se pareciam com três ervilha em uma vagem”, brinca Nicola, garantindo que se sente a “mãe mais sortuda do mundo”.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.