“Batman: The Ride”: conheça a montanha-russa mais aterrorizante do mundo
589
Compartilhamentos

“Batman: The Ride”: conheça a montanha-russa mais aterrorizante do mundo

Último Vídeo

Sabe aquelas montanhas-russas que levam você para dar umas voltinhas subindo e descendo pelos trilhos e até fazendo alguns loops no caminho? Elas são coisa do passado — e indicadas apenas para os fracos! Imagine uma atração na qual você não só fica com os pezinhos pendurados e fica de ponta-cabeça, como desce em ângulos negativos enquanto o carrinho faz revoluções de 360°.

De acordo com o Daily Mail, esse brinquedinho insano que acabamos de descrever se chama “Batman: The Ride” e, segundo a previsão, será inaugurado nos EUA em julho de 2015. A atração está sendo construída em um parque de diversões localizado em San Antonio, no Texas, e levará os corajosos que se atreverem a encará-la em uma viagem que realmente vai por à prova a resistência de seus estômagos. Assista ao vídeo demonstrativo:

Segundo a publicação, em alguns trechos “Batman: The Ride” alcança velocidades superiores a 85 quilômetros por hora e conta com uma atura total de 32 metros. Além disso, os assentos dos carrinhos podem girar de cabeça para baixo e de forma independente à direção em que estejam viajando. Aliás, eles fazem isso um total de 6 vezes durante o percurso!

A “Batman: The Ride” conta com cinco carrinhos com capacidade de oito passageiros cada um e, ao subir no brinquedo, a primeira coisa que os aventureiros encaram é uma elevação de 32 metros de altura. De lá, eles despencam em uma queda vertical antes de serem levados pelas curvas da montanha-russa, e a volta completa — ou tortura! — dura aproximadamente um minuto e 40 segundos.

***

E aí, caro leitor, você teria coragem de encarar um brinquedo como esse? Aliás, já teve a oportunidade de subir em alguma montanha-russa — quase — tão insana como essa que será inaugurada no ano que vem? Não deixe de contar para a gente nos comentários abaixo!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.