Seja o primeiro a compartilhar

Estes são os 20 livros mais populares já lançados ao longo da História

Equipe MegaCurioso

Se você adora ler e vive de olho nas listas dos títulos mais populares da semana, mês, ano etc., deve saber que os livros da série “Harry Potter”, “A Guerra dos Tronos” e “50 tons de cinza”, por exemplo, fizeram um enorme sucesso nos últimos anos. Mas, e ao longo da História, você saberia dizer quais foram os maiores bestsellers já publicados?

Segundo Brendan Brown, do portal Business Insider, o pessoal da Global English Editing resolveu fazer uma viagem no tempo e voltar até o século 10 a.C. para descobrir quais foram os 20 livros mais populares de todos os tempos — e você pode conferi-los na lista a seguir:

1 – I Ching

Redigido entre o século 10 e 4 a.C.

Por: Fu-Hi, Rei Wên, Duque de Chou e Confúcio

Também conhecido como “Livro das Mutações”, o I Ching é o clássico chinês mais antigo de que se tem notícia e é considerado um dos maiores livros da literatura mundial. Aliás, existem entusiastas que garantem que, até hoje, milhares de anos após ter sido redigida, a obra ainda consiste no método mais sofisticado para prever eventos futuros já criado.

2 – Ilíada e Odisseia

Redigidos no século 8 a.C.

Por: Homero

A Ilíada, como você deve saber, consiste em uma série de poemas épicos sobre a Guerra de Troia, enquanto a Odisseia — que é uma sequência da Ilíada — conta a história do retorno de Odisseu, o herói grego do livro anterior. Mas, você sabia que existe um debate sobre a identidade de Homero, o autor dos poemas? Os antigos gregos, por exemplo, acreditavam que ele foi um nômade cego, e historiadores do século 19 argumentavam que, em vez de “ele”, o autor era “ela”!

3 – Analectos

Redigidos entre os séculos 5 e 3 a.C.

Por: Confúcio e seus contemporâneos

Os Analectos — ou “Diálogos de Confúcio” — compõem o livro mais importante do confucionismo, e reúnem os ensinamentos de Confúcio, antigo filósofo chinês. Eles são vitais para o entendimento da cultura e história da China.

4 – A República

Redigido no século IV

Por: Platão

A República é considerado uma das obras de filosofia e teoria política mais influentes de todos os tempos, e traz como personagens o filósofo Sócrates e outros atenienses. Sócrates, aliás, é quem narra todo o diálogo do livro, e você sabia que muitos elementos da teologia cristã estão baseados nas obras de Platão?

5 – Os Elementos

Redigido por volta do ano 300 a.C.

Por: Euclides

Simplesmente o tratado de matemática mais importante de todos os tempos, Os Elementos, de Euclides, reúne 13 livros e, basicamente, foi responsável por ensinar os matemáticos a lidar com números.

6 – Dhammapada

Redigido no século 3 a.C.

Por: Buda

O Dhammapada — também conhecido como “Caminho do Dharma” — teria sido criado por ninguém menos que o próprio Buda e consiste em uma coleção de ensinamentos e dizeres dele transcritos em 423 versos curtos.

7 – A Bíblia Sagrada

Compilada entre os séculos 2 e 4

Também conhecida como “As Sagradas Escrituras”, a Bíblia dispensa apresentações! Aliás, você sabia que já foram vendidas mais de cinco bilhões de cópias dela pelo mundo e que ela é o livro mais roubado no planeta?

8 – O Alcorão

Redigido entre os anos 609 e 632

Por: Maomé e seus discípulos

No quesito “cópias vendidas”, O Alcorão também bateu uma marca impressionante: 3 bilhões de unidades. O livro sagrado do islamismo é considerado uma das mais belas obras da literatura árabe já criadas.

9 –  O Príncipe

Publicado em 1532

Por: Nicolau Maquiavel

Considerado por muitos como um dos livros mais influentes da filosofia política moderna, O Príncipe é, na verdade, uma sátira, e Maquiavel nunca pensou que essa obra poderia ser usada de forma didática.

10 – Don Quixote

Redigido entre 1605 e 1615

Por: Miguel de Cervantes Saavedra

Originalmente publicada em dois volumes, a história de Don Quixote, por conta da forma como foi estruturada por Miguel de Cervantes, é considerada como a primeira obra de ficção moderna — além de ser a obra literária espanhola mais influente do mundo.

11 – First Folio

Publicado em 1623

Por: William Shakespeare

O First Folio — nome abreviado da obra Mr. William Shakespeare’s Comedies, Histories, & Tragedies ou Comédias, Histórias e Tragédias de William Shakespeare — consiste na primeira coleção de peças do dramaturgo inglês, publicada em 1623. Ela reúne obras como Hamlet, Macbeth, Romeu e Julieta, Rei Lear, Otelo, Henrique VIII, Sonho de uma Noite de Verão e Muito Barulho por Nada, isto é, a coleção agrupa alguns dos mais importantes trabalhos shakespearianos.

12 – Uma Reivindicação pelos Direitos da Mulher

Publicado em 1792

Por: Mary Wollstonecraft

Uma Reivindicação pelos Direitos da Mulher, da britânica Mary Wollstonecraft, é uma das primeiras obras feministas do mundo e discorre a respeito da igualdade de gênero. Curiosamente, antes de publicar esse livro, Mary lançou um sobre os direitos dos homens.

 13 – Manifesto Comunista

Publicado em 1848

Por: Karl Marx e Friedrich Engels

O Manifesto Comunista, de Marx e Engels, serviu para que os autores expressassem suas teorias sobre a natureza da política e da sociedade e até hoje é considerado um dos tratados políticos mais influentes de todos os tempos. Curiosamente, depois de atender a uma conferência e ouvir os participantes distorcendo suas palavras, Marx teria dito “Tudo o que eu sei é que não sou um marxista!”.

14 – A Origem das Espécies

Publicado em 1859

Por: Charles Darwin

Darwin demorou mais de 20 anos para apresentar seus trabalhos sobre evolução por receio da repercussão que suas ideias causariam! Mas, ele acabou criando coragem e publicando A Origem das Espécies, obra em que o cientista estabelece a base da biologia evolucionária e introduz a teoria de que as populações evoluem ao longo do tempo através da seleção natural.

15 – Guerra e Paz

Publicado em 1869

Por: Leo Tolstoi

Em Guerra e Paz, Tolstoi conta a história da Rússia durante a invasão francesa liderada por Napoleão Bonaparte, mas do ponto de vista das famílias aristocratas que viviam no país. O épico está entre os mais volumosos da literatura mundial — com cerca de 1,3 mil páginas — e levou cinco anos para ser redigido.

16 – O Segundo Sexo

Publicado em 1949

Por: Simone de Beauvoir

Considerado como uma das obras mais importes do feminismo, O Segundo Sexo trata da sexualidade feminina e do papel da mulher na sociedade.

17 – Pensar como Uma Montanha

Publicado em 1949

Por: Aldo Leopold

Intitulado “A Sand County Almanac” no idioma original, Pensar como Uma Montanha é, até hoje, o clássico da natureza e da ecologia mais discutido no mundo. Na verdade, o livro não chamou muita atenção quando foi publicado, e só foi virar bestseller durante a década de 70, quando as questões ambientalistas começaram a ser debatidas.

18 – Beloved

Publicado em 1987

Por: Toni Morrison

A trama de “Beloved” — ou Amada em tradução livre — está ambientada no final da Guerra Civil dos EUA e narra a história de Sethe, uma mulher afrodescendente que consegue escapar da escravidão.

19 – Harry Potter

Publicados entre a década de 90 e os anos 2000

Por: J.K. Rowling

Composta por sete volumes — Harry Potter e a Pedra Filosofal, a Câmara Secreta, o Prisioneiro de Azkaban, o Cálice de Fogo, a Ordem da Fênix, o Enigma do Príncipe, e as Relíquias da Morte —, a série narra as aventuras de um jovem mago. Aliás, antes de se transformar no fenômeno de vendas mundial que todos conhecem, sabia que o primeiro livro foi rejeitado por oito editoras até ser finalmente publicado pela Bloomsbury?

20 – 50 tons de cinza

Publicado em 2011

Por: E.L. James

Originalmente publicado pela autora em formato de eBook, 50 tons de cinza é um romance erótico que virou bestseller, acabou se transformando em uma trilogia e inclusive foi adaptado para o cinema. Embora a recepção da crítica não tenha sido o que podemos chamar de positiva, até junho de 2015, mais de 125 milhões de cópias — traduzidas em 52 idiomas — do livro haviam sido vendidas no mundo.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.