As sondas vão queimar todo combustível antes de chegarem ao solo lunar. (Fonte da imagem: NASA)

“Uma coisa é certa: as gêmeas vão cair dançando, em grande estilo.” Foi o que disse David Lehman, gerente de projetos do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. As duas sondas gêmeas GRAIL, depois de terem contribuído de modo significativo nos estudos sobre o solo lunar e mapeamento estelar, deverão se chocar contra o solo lunar nesta segunda-feira (17), às 14h28, e cair perto da cratera de Goldschmidt.

A falta de combustível impede que as sondas retornem à Terra ou que executem mais missões. Há, no entanto, uma última tarefa que deverá ser feita pelas GRAIL: os cientistas pretendem queimar as reservas de combustível para analisar de forma detalhada os padrões de consumo das sondas, otimizando o desempenho de naves em missões futuras. “Vai ser difícil dizer adeus”, desabafa Maria Zuber, do Instituto de Tecnologia De Massachussetts.

Assista no site da Nasa a animação que mostra a rota de colisão das gêmeas programada para esta segunda-feira (17).