(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Desde que os primeiros projetos de viagens a Marte começaram a ser discutidos, a ideia de que algum dia os seres humanos poderiam viver no Planeta Vermelho é enfraquecida pela impossibilidade de encontrar alimentos por lá. Mas agora cientistas chineses começam a revelar seus planos de criar modos de permitir que plantações de vegetais sejam realizadas em solo marciano.

Em experimentos recentes, os cientistas do Centro Chinês de Pesquisa e Treinamento de Taikonautas (localizado em Pequim) chegaram à conclusão de que pode ser possível plantar quatro tipos de vegetais no planeta. Para chegar a isso, eles desenvolveram o CELSS (Sistema Controlado de Suporte à Vida Ecológica), que envolve cabines de 300 metros cúbicos simulando um ecossistema localizado.

Com isso, o que eles desejam não é utilizar o próprio solo de Marte para fazer as plantações, mas criar estações capazes de proporcionar todos os requisitos necessários para a criação de um ecossistema próprio. Isso seria o suficiente para a plantação de vegetais e também para a obtenção de oxigênio no interior das estações.