(Fonte da imagem: Reprodução/TWO-N)

O Pi — ou π — é um número irracional, ou seja, sua representação gráfica é, ao mesmo tempo, infinita e não repetitiva. Além disso, ele é obtido a partir da razão entre a circunferência de qualquer círculo e o seu diâmetro.

Já faz algumas décadas que os matemáticos vêm utilizando computadores para calcular todo os dígitos do Pi, e a representação decimal recorde mais recente ocorreu em outubro do ano passado, quando Shigeru Kondo finalizou 371 dias de processamento para chegar a um dígito que alcançou 10 trilhões de casas decimais.

Entretanto, como é difícil visualizar algo dessa magnitude, o pessoal do estúdio de design TWO-N decidiu criar uma representação gráfica do Pi com seus primeiros 4 milhões de dígitos, utilizando pontinhos coloridos interativos.

(Fonte da imagem: Reprodução/io9)

Cada dígito recebeu uma cor diferente — veja a legenda acima — e depois foi transformado em um único pixel. Então, os pontos foram alinhados conforme a ordem designada pelo Pi, e reunidos em uma imagem com 4 milhões de pontinhos coloridos. Conforme passamos com o mouse sobre os pontos, é possível ver a qual dígito cada pontinho corresponde.

Clique aqui para conferir o quadro interativo.