(Fonte da imagem: Thinkstock)

De acordo com uma notícia publicada pelo pessoal da Scientific American, uma pequena empresa de biotecnologia de Nova York, a ContraFect, pode ter descoberto uma nova forma de combater diversas infecções causadas por bactérias, como a tuberculose e doenças causadas pelos estafilococos.

Segundo a publicação, depois de tantos anos de uso — e mau uso —, os antibióticos atuais estão se tornando cada vez menos eficientes, já que muitas bactérias estão evoluindo e se tornando versões superpoderosas delas mesmas. Entretanto, a ContraFect está testando um método alternativo, no qual emprega pequenos vírus que infectam apenas as bactérias, os bacteriófagos.

Pequenos combatentes

Essas minúsculas estruturas penetram pelas membranas das bactérias, liberando uma enzima capaz de provocar a sua dissolução, destruindo esses organismos. O que os pesquisadores da ContraFect estão fazendo é tirar proveito desses pequenos vírus para tratar infecções bacterianas em humanos.

Os testes devem começar ainda neste ano e, além de mostrar grande potencial para substituir os antibióticos convencionais em alguns casos, o exército norte-americano também parece interessado no poder desses pequenos aniquiladores de bactérias. Os militares acreditam que esses microrganismos podem ser aplicados em centros cirúrgicos para evitar infecções hospitalares ou mesmo em superfícies contaminadas por um ataque de antrax, por exemplo.

Fonte: Scientific American