(Fonte da imagem: Reprodução/Science Daily)

De acordo com uma notícia publicada pelo site Science Daily, um grupo de pesquisadores norte-americanos descobriu que a JQ1, uma substância desenvolvida para o tratamento do câncer, pode fazer com que a contagem de espermatozoides e a mobilidade dessas células sejam drasticamente reduzidas, apresentando profundos efeitos sobre a fertilidade.

Os testes foram realizados com ratinhos de laboratório, apresentando resultados bastante satisfatórios. Segundo os pesquisadores, a JQ1 inibe a produção de uma proteína chamada BRDT, essencial para a fertilidade masculina.

A boa notícia, meninos, é que a substância não afeta o desempenho sexual, não altera os níveis de testosterona, não é um método invasivo e não apresenta efeitos colaterais, além de tornar a fertilidade totalmente reversível, uma vez seja suspenso o uso da JQ1. Os testes clínicos devem ser iniciados em breve e os pesquisadores estão confiantes de que os resultados apresentados pelos animais também serão observados em humanos.

Fonte: Science Daily