(Fonte da imagem: Thinkstock)

Se você é daqueles que, ao menor sinal de que uma dor de cabeça ou enxaqueca está chegando, lançam mão de remedinhos, saiba que você pode estar contribuindo para piorar o quadro. Segundo uma notícia publicada pelo El Mundo, abusar de medicamentos para a cefaleia pode, em realidade, causar ainda mais... Cefaleia.

Segundo a publicação, estima-se que uma em cada 50 pessoas sofre de dores de cabeça devido ao uso inadequado de medicamentos e, conforme explicaram os especialistas, tomar remédios com muita frequência — por exemplo, durante 15 dias de um mês — pode contribuir para aumentar os problemas.

Quando o remédio pode ser pior do que a cura

A dor de cabeça provocada pelo abuso de medicamentos é um fato bastante conhecido e, por essa razão, os médicos insistem que um especialista seja consultado para que cada caso possa ser diagnosticado e tratado da forma mais adequada possível, reforçando que nunca devemos nos automedicar.

Assim, a recomendação é que o grupo de medicamentos formado pela aspirina, paracetamol e anti-inflamatórios não esteroidais — como o ibuprofeno, por exemplo — não deve ser administrado por 15 dias ou mais em um único mês, enquanto que os medicamentos mais fortes, como os opiáceos e combinações de analgésicos, não devem ser tomados por mais de 10 dias em um mês, sob o risco de provocar dores de cabeça constantes nos pacientes.

Fonte: El Mundo