Um grupo de pesquisadores identificou uma molécula chamada TIC10, que pode ser o pontapé inicial para destruir tumores através de uma reação em cadeia. O achado aconteceu em uma série de experimentos com camundongos na Universidade da Pensilvânia.

Um dos participantes do estudo afirma que a nova descoberta trabalha junto com a proteína TRAIL, que já faz parte do nosso sistema imunológico, evitando que os tumores se formem e se espalhem. Então, impulsionar essa ação acaba não sendo tão tóxico quanto uma quimioterapia e pode funcionar em uma vasta gama de cânceres, como o de mama, linfático, intestino e pulmão.

Os testes iniciais foram todos feitos em camundongos e ainda resta saber se o procedimento vai funcionar da mesma forma em outras espécies.  Por isso, o próximo passo é testar a molécula em humanos.