Por caridade, 57 pessoas encararam uma montanha-russa sem roupa [vídeo]
69
Compartilhamentos

Por caridade, 57 pessoas encararam uma montanha-russa sem roupa [vídeo]

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Da próxima vez que você sentar em um carrinho de montanha-russa, imagine como seria fazer esse passeio completamente sem roupa. Não, você não leu errado: nós queremos que você se imagine peladão ou peladona em um carrinho de montanha-russa.

Se a ideia parecer bizarra e irreal demais para você, saiba que um grupo grande de pessoas fez exatamente isso. O motivo? Arrecadar dinheiro para caridade. Não foi a primeira vez que algo do tipo foi feito – aliás, um recorde nesse estilo foi registrado pelo Guinness Book em 2010, quando 102 corajosos fizeram a mesma coisa que você vai ver no vídeo mais abaixo.

Dessa vez, o número de participantes foi menor – ao todo, 57 pessoas tiraram a roupa. A intenção aqui era celebrar o recorde mundial e, aproveitar a ocasião para arrecadar fundos – mais de 10 mil libras (pouco mais de R$ 60 mil) foram levantadas para a Southend Hospital Charitable Foundation. O dinheiro será destinado aos pacientes com câncer. Confira o resultado no vídeo abaixo:

De acordo com Andrew Renton, diretor operacional do parque Adverture Island, onde a brincadeira aconteceu, a experiência foi absolutamente divertida, com “todas as pessoas aproveitando a chance de fazer algo memorável, divertido e arrecadar uma grande quantidade de dinheiro para uma fantástica instituição de caridade local”.

Renton se disse orgulhoso por poder, em nome do parque, dar essa oportunidade às pessoas que queriam levantar dinheiro para quem luta contra o câncer.

Para Lucy Thomas-Clayton, da instituição de caridade, foi preciso muita coragem de todos os voluntários, que ficaram nus diante de muitos estranhos e, claro, da imprensa e da internet de um modo geral. Ela reconheceu o gesto como nobre e agradeceu imensamente a iniciativa. E você, teria coragem de participar de um momento como esses?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.