Seja o primeiro a compartilhar

Os 8 piores acidentes aéreos dos últimos anos

Por mais seguro que um meio de transporte seja, ou qualquer outra coisa, os riscos de acidente ainda existem. Apesar de a Rede de Segurança da Aviação(ASN), iniciativa americana que disponibiliza dados confiáveis sobre acidentes aéreos, ter afirmado que 2017 foi o ano mais seguro da aviação comercial mundial, sem registro de mortes, existem registros de 10 voos não comerciais envolvidos em acidentes.

Mesmo com esses números, ainda se trata de um meio de transporte seguro, pois acidentes de aviões comerciais atualmente ocorrem com uma frequência de 1 para cada 7,36 milhões de voos.

As probabilidades são pequenas, mas mostraremos 8 exemplos de acidentes que ocorreram nos últimos cinco anos:

1. Voo BS211 da US-Bangla

Voo BS211 da US-Bangla

No dia 12 de março de 2018, o voo BS211 bateu enquanto pousava no aeroporto Catmandu, no Nepal. Como o fato aconteceu recentemente, as investigações ainda não foram finalizadas, mas tudo indica que uma confusão em relação à direção da pista onde o avião deveria pousar causou o acidente. Dos 71 passageiros, 49 morreram, de acordo com a polícia.

2. Voo 3704 da Iran Aseman Airlines

Voo 3704 da Iran

O avião modelo ATR-72 bateu nas montanhas de Zagros, oeste do Irã, no dia 18 de fevereiro de 2018, e todos os 65 passageiros morreram no acidente. A região montanhosa a 3,5 mil metros de altitude tornou difícil a busca por sobreviventes.

3. Voo 703 da Saratov Airlines

Voo 703 da Saratov Airlines

Após decolar do aeroporto de Domodedovo, na Rússia, este avião caiu e matou os 71 passageiros em fevereiro de 2018. Após análise da área onde ocorreu o acidente, foi constatado que a companhia aérea violou normas de segurança antes da decolagem.

4. Força Aérea de Myanmar

Força Aérea de Myanmar

Este foi o maior acidente ocorrido em 2017, matando 108 militares e suas famílias. O avião estava indo para o aeroporto internacional de Yangon, quando o piloto perdeu o controle da aeronave devido ao mau tempo.

5. Tupolev Tu-154 da Força Aérea Russa

Tupolev Tu-154

Mais um acidente com aviões militares. Dessa vez, foi no Natal de 2016, matando todos os 92 passageiros a bordo. Ele estava a caminho da base aérea de Khmeimim, na Síria, e transportava músicos que iriam se apresentar nas celebrações de Ano-Novo. Após investigação, foi divulgado que um problema técnico causou o acidente.

6. Força Aérea da Indonésia – C-130

Força Aérea da Indonésia C-130

Em junho de 2015, este avião caiu no norte de Sumatra, matando os 143 passageiros a bordo, constituídos por militares e suas famílias. Além dessas vítimas, mais 22 pessoas morreram no solo, pois o avião caiu sobre casas de uma área residencial. O avião não possuía caixa-preta, mas após investigações a causa apontada como motivo do acidente foi o mau funcionamento de um motor.

7. Voo 9525 da Germanwings

Voo 9525 da Germanwings

Todos os 150 passageiros morreram no acidente que ocorreu em 2015, no voo entre Dusseldorf, Alemanha e Barcelona, na Espanha. A causa foi a mais inesperada possível, pois o piloto Andreas Lubitz jogou o avião por vontade própria nos Alpes Franceses. Ele já tinha sido encaminhado para tratamento psiquiátrico semanas antes da tragédia, mas não foi o suficiente para evitá-la. Após esse caso, foram revistas as regras com relação ao número de pessoas autorizadas a entrar na cabine do piloto.

8. Voo QZ8501 da Indonesia AirAsia

Voo QZ8501

Em dezembro de 2014, este voo que iria da Indonésia para Singapura caiu no Mar de Java, matando todos os 162 passageiros. O acidente foi causado por uma série de motivos, mas os principais foram uma solda malfeita e uma disputa física entre piloto e copiloto sobre o controle da aeronave.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.