7 segredos da CIA e do exército dos EUA revelados nos últimos anos
Seja o primeiro a compartilhar

7 segredos da CIA e do exército dos EUA revelados nos últimos anos

Depois de especulações que duraram décadas, veja aqui alguns dos principais segredos de projetos especiais da CIA e do governo dos Estados Unidos que ocorreram anos atrás e foram revelados ao público somente nos últimos anos:

7. Projeto 1794

Fonte da imagem: Reprodução/LiveScience

Em 2012, a Força Aérea dos Estados Unidos revelou inúmeros documentos de um programa secreto para construção de uma nave no formato de um disco voador para combater possíveis bombardeios soviéticos. O projeto mais que ambicioso, denominado Projeto 1794, foi iniciado na década de 50 por um time de engenheiros que queriam construir uma aeronave capaz de viajar a velocidades supersônicas e altas altitudes.

Os documentos liberados mostram que os engenheiros previam que a aeronave poderia atingir a velocidade Match 4 (quatro vezes mais rápida que a velocidade do som) e chegar a uma altitude de 30 mil metros. O valor do projeto, corrigido para o custo de hoje, seria de US$ 26 milhões. Entretanto, o projeto foi cancelado em dezembro de 1961, após os testes revelarem que a estrutura era aerodinamicamente instável.

6. Projeto Iceworm

Fonte da imagem: Reprodução/LiveScience

Em 1960, o exército dos Estados Unidos embarcou em uma missão secreta para construir uma série de locais móveis na camada de gelo da Groenlândia para lançamentos de mísseis nucleares. O objetivo era combater os possíveis mísseis lançados pela União Soviética, e o codinome da missão foi Projeto Iceworm.

Entretanto, um disfarce de fins científicos com o nome “Camp Centrury” foi divulgado publicamente para que os americanos construíssem suas instalações sem problemas. Edifícios subterrâneos, alojamentos, cozinhas, laboratórios, salas de abastecimento e centro de comunicações, entre muitas outras instalações, foram realmente construídos.

A base operou em segredo por sete anos e foi totalmente cancelada depois de seis anos, quando o excesso de gelo criou condições instáveis de viver. Hoje, os destroços do Projeto Iceworm estão enterrados no gelo do ártico.

5. Projeto MK-ULTRA

Fonte da imagem: Reprodução/LiveScience

Durante os anos da Guerra Fria, a CIA iniciou um projeto secreto chamado MK-ULTRA, que tinha como objetivo investigar os potenciais do controle da mente humana. Os cientistas envolvidos analisaram os efeitos da hipnose, agentes biológicos e algumas drogas (como o LSD) em seres humanos.

Alguns historiadores dizem que o projeto foi concebido para desenvolver um tipo de sistema capaz de “programar” o cérebro – e que poderia ser aplicado em possíveis assassinos. Entretanto, em 1973, o diretor da CIA, Richard Helms, ordenou que todos os documentos do Projeto MK-ULTRA fossem completamente destruídos.

4. Área 51

Fonte da imagem: Reprodução/LiveScience

Certamente, um dos enigmas mais famosos que envolvem o governo americano e alienígenas, chamando a atenção de teóricos de todos os tipos com suas suposições e superstições. A área que está localizada em Nevada, perto de Las Vegas, foi reconhecida pela CIA como um ambiente de testes para uma variedade de aviões de espionagem e de reconhecimento – e somente isso. Segundo eles, o campo é restritamente militar, sem ligações com nada paranormal ou “de outro mundo”.

3. Projeto Grudge

Fonte da imagem: Reprodução/LiveScience

Apesar de a Área 51 não possuir, supostamente, ligações oficiais com alienígenas, outro projeto americano batizado de Grudge foi restritamente criado para estudar seres de outros planetas – e mais especificamente, as suas naves. Criado em 1949, o objetivo do programa foi estudar objetos voadores não identificados. Os mais céticos dizem que o Projeto Grudge não realizou pesquisas verdadeiras e só quis desmascarar os outros estudos e teorias em relação aos OVNIS.

2. Operação Paperclip

Fonte da imagem: Reprodução/LiveScience

Em setembro de 1946, o presidente americano criou um projeto chamado Operação Paperclip, que visava atrair cientistas da Alemanha nazista para os Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial. Cientistas alemães realmente foram recrutados e migraram para os EUA, garantindo que o conhecimento deles não migrasse para a União Soviética ou Alemanha Oriental.

O cientista mais famoso recrutado foi Wernher von Braun, desenvolvedor de foguetes, que posteriormente ajudou o país em missões lunares.

1. Projeto Manhattan

Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock

Um dos programas de investigações secretas mais conhecidos é o Projeto Manhattan, que infelizmente foi focado na produção das primeiras bombas atômicas do mundo. O projeto começou em 1939 e envolvia físicos e demais cientistas na elaboração de bombas com potencial nuclear.

Diversos testes foram realizados nos próprios Estados Unidos até que os cientistas encontrassem as melhores fórmulas e as combinações para uma maior abrangência das explosões nucleares. Um mês depois dos testes serem bem-sucedidos, as conhecidas bombas atômicas foram lançadas em Hiroshima e Nagasaki, no Japão. 

*Publicado originalmente em 15/11/2013.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER