Muçulmana em SP se converte às guitarras de uma banda de Heavy Metal

Muçulmana em SP se converte às guitarras de uma banda de Heavy Metal

Será que Islamismo e Heavy Metal têm alguma coisa em comum? Bem, o mais natural seria responder que não, essas duas coisas nada têm a ver uma com a outra, mas, se você conhece ou ouviu falar da paulistana Gisele Marie Rocha, talvez já não tenha muitos preconceitos em mente e não veja problema algum na união dessa religião com o estilo de música superpesado.  

O Heavy Metal é paixão antiga, mas o islamismo só foi adotado por Gisele em 2009. Em matéria publicada no portal G1, a paulistana declara que o seu niqab – vestimenta típica de mulheres muçulmanas, que deixa apenas os olhos à mostra – não incomoda em nada e que ela pretende nunca mais ter que usar calças na vida. Ela ainda acrescenta que o “vestido” é bom para ajudar a esconder a bolsa quando sai de casa.

Spectrus

Fonte da imagem: Reprodução/Spectrus

A paulistana de 42 anos afirma que tem influências musicais dentro da sua própria família e que já tocou piano clássico e bateria. Agora Gisele toca guitarra na banda Spectrus, que foi criada por seus irmãos nos anos 80 e voltou à ativa recentemente. Sua religião não foi um empecilho já que, segundo ela, a banda tem integrantes de outras várias religiões. A fé de cada um não é, portanto, problema.

Apesar dos preconceitos que sofre em vários outros momentos de sua vida e profissão, ela afirma que com a banda não teve problemas até o agora e, atualmente, chega a ensaiar até seis horas por dia para a gravação do CD da Spectrus, que será lançado em setembro. A comunidade muçulmana também não vê problemas na nova profissão de Gisele e ela afirma que conta, inclusive, com amigos de religião nos ensaios da banda.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.