Viúva de John Lennon autoriza mashup de 'Imagine' com 'Ai se eu te pego'
1.139
Compartilhamentos

Viúva de John Lennon autoriza mashup de 'Imagine' com 'Ai se eu te pego'

Último Vídeo

Yoko Ono carrega um fardo pesado: o de ser uma das mulheres mais odiadas das últimas décadas. Praticamente todo fã dos Beatles – e isso é muita, muita gente – culpa Yoko pela separação de uma das bandas mais populares de todo o mundo, afinal foi depois da chegada da nova namorada à vida de Lennon que o clima começou a não ficar muito bom entre os membros da banda.

Dizem que Yoko participava de praticamente todos os ensaios, estava em todas as turnês e dava pitacos em letras de música e afins. Não é segredo também que Ringo Star, George Harrison e Paul McCartney não são os melhores admiradores da japonesa.

Lennon morreu em 1981, vítima de um assassinato passional e, desde então, Yoko é a responsável por administrar tudo o que diz respeito ao cantor, incluindo bens, direitos autorais e permissões artísticas – nesse sentido, ela chegou a proibir os outros integrantes vivos, Ringo e Paul, de cantarem ou gravarem diversas músicas cujas autorias são de Lennon.

Mashup

Fonte da imagem: Reprodução/Uol

Hoje, Yoko tem 80 anos e continua dando o que falar. A novidade agora é que ela autorizou que a música “Imagine”, de um álbum de mesmo nome, seja incorporada à música brasileira “Ai, se eu te pego”, do cantor Michel Teló. A canção faz parte da trilha sonora de um filme nacional que está em cartaz nos cinemas: “Mato Sem Cachorro”.

Aparentemente, não só Yoko autorizou o mashup como gostou da mistura das duas músicas completamente diferentes. “Imagine” é uma representação de um mundo utópico, que valoriza uma vida sem excessos capitalistas e livre também de sentimentos negativos. “Ai, se eu te pego”, de Teló, já tem uma temática diferente, voltada ao público mais jovem.

Em um vídeo divulgado recentemente, o diretor do longa, Pedro Amorim, explica que os mashups estão presentes em vários momentos do filme, já que um dos personagens principais, vivido por Bruno Gagliasso, precisava ter uma profissão que o permitisse trabalhar em casa. Confira a seguir o vídeo que mostra algumas das montagens musicais usadas no longa e depois conte para a gente o que você achou da ideia:

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.