Entenda por que você sempre esquece o nome de quem acabou de conhecer
65
Compartilhamentos

Entenda por que você sempre esquece o nome de quem acabou de conhecer

Último Vídeo

Certamente já aconteceu com você de, logo depois de conhecer uma pessoa nova, se esquecer completamente de como ela se chama — e ficar torcendo para não ter que repetir o nome dela até você conseguir pedir socorro discretamente para um amigo! Mas, apesar de isso ser algo supercomum — e que ocorre com todo mundo —, por que será que esse episódio de “amnésia seletiva” sempre acontece?

De acordo com o pessoal do canal AsapSCIENCE do YouTube — que preparou a animação que você poderá conferir abaixo —, é muito mais provável que você se recorde do rosto de alguém que acabou de conhecer e não de seu nome por que o seu cérebro está programado para reconhecer detalhes faciais. Segundo explicaram, exames cerebrais de fato revelaram que os neurônios entram em atividade quando olhamos para qualquer rosto. Assista ao vídeo:

* Você pode ativar as legendas e a tradução automática no menu do YouTube. Mas para evitar confusão, nós aqui do Mega Curioso incluímos uma transcrição das informações depois do vídeo.

A questão sobre o esquecimento dos nomes pode estar relacionada com algo que o pessoal do AsapSCIENCE chamaram de efeito “baker” — palavra que significa “padeiro” em inglês e também é um sobrenome extremamente comum em países de língua inglesa. Calma... já vamos explicar! Quando alguém é apresentado para você e esse cara diz que ele é um padeiro, ele está proporcionando uma informação a respeito do que ele faz e sobre a maneira como emprega seu tempo.

No entanto, digamos que o sobrenome dessa pessoa seja Padeiro. Nesse caso, segundo o portal AsapSCIENCE, como essa informação não cria qualquer ligação mental no seu cérebro, ela se torna vulnerável ao esquecimento.

Além disso, eles explicaram que os nomes são arbitrários e não costumam trazer informações específicas conectadas a eles. E se o seu cérebro não consegue realizar conexões entre as diversas peças de informação, especialmente a respeito de coisas que você já conhece e com as quais se sente familiar, então você se torna mais propenso a esquecer dessa informação.

Mente ocupada

Para piorar as coisas, o fato de você estar concentrado em você mesmo quando você está prestes a ser apresentado a alguém também não ajuda muito. O canal AsapSCIENCE  chamou isso de “efeito o que acontecerá em seguida”, e explicou que em vez de observar e ouvir a outra pessoa, o seu cérebro começa a focar no que você vai dizer e em como vai se comportar, por exemplo.

Acontece que nós não somos especialmente bons em oferecer e, simultaneamente, absorver e armazenar novas informações. Isso acontece porque os nossos cérebros são dotados de memórias de longo e curto prazo, mas a memória de curto prazo só consegue reter uma quantidade limitada de dados, e se não nos concentrarmos neles, essa nova memória pode desaparecer rapidamente.

Memória dispensável

A turminha do AsapSCIENCE também explicou que o esquecimento também pode se dar puramente por conta da falta de interesse. Afinal, imagine que você está em uma baladinha, e você acredita que provavelmente nunca mais vai encontrar com a pessoa à qual você foi apresentado novamente. Ou, ainda, pode ser o caso de que talvez você não esteja preocupado em formar novas relações — seja de amizade ou outra qualquer.

Sendo assim, quanto maior for o seu interesse, maior será a probabilidade de que o seu cérebro faça novas conexões. Como consequência, as pessoas que curtem fazer novos amigos e conhecer pessoas novas estão sempre mais antenadas e concentradas, e praticamente não sentem como se suas memórias estivessem sendo postas a prova no momento das apresentações.

Truques!!!

E como fazer para melhorar a sua habilidade de memorizar os nomes das pessoas que você acabou de conhecer? Pois o próprio pessoal do AsapSCIENCE ensinou sete truques criativos para que você não se esqueça mais do nome de ninguém! Confira quais são eles a seguir:

1 – Fique ligado

Você se lembra de que comentamos anteriormente que no momento em que somos apresentados a alguém estamos concentrados no que vamos fazer e falar em vez de estar atentos ao outro? Pois, apesar de não ser fácil, é crucial que você preste muita atenção na hora que a pessoa disser como se ela chama. E, se for necessário, peça que ela repita o nome para você.

2 – Repita o nome com frequência

Depois de a pessoa se apresentar — e o nome dela estiver em sua memória de curto prazo —, repita o nome dela com frequência enquanto vocês estiverem conversando. Dessa forma, você estará ativamente exercitando a sua memória e contribuindo para que o seu cérebro retenha essa peça de informação. Além disso, ao combinar os seus pensamentos com a ação de repetir o nome, você estará aumentando a probabilidade de que ele não desapareça da sua mente.

3 – Crie associações

Os nomes são arbitrários e desprovidos de informações específicas ligadas a eles, lembra? Então, nada melhor do que criar associações na sua cabeça. Assim, se a pessoa que você acabou de conhecer se chama Maria, tente relacioná-la a outra Maria do seu convívio. Outra dica é tentar imaginar a pessoa fazendo alguma coisa, para, assim, você criar uma conexão visual que o ajudará se lembrar do nome dela quando vocês se encontrarem novamente.

4 – Jogo de palavras

Você também pode brincar com o nome da pessoa mentalmente, criando um divertido jogo de palavras mental. Assim, você pode imaginar associações do tipo “Carolina combina com parafina” ou “Pedro pedrada” e “Ângelo é um anjo”. Só tome cuidado para não revelar o seu joguinho, pois a pessoa pode ficar ofendida dependendo da associação que você inventar.

5 – Soletre

Se a pessoa que você acabou de conhecer tiver um nome incomum, peça para que ela o soletre — enquanto isso, imagine as letras passando pela testa dela. Ao criar uma imagem mental das letrinhas desfilando diante dos seus olhos, você ajudará a sua memória a reter o nome.

6 – Seja legal e ajude os outros com o seu nome

Não se esqueça de que você não é o único a ter dificuldades para lembrar os nomes dos outros — todo mundo tem esse problema! Então, seja legal e ajude as outras pessoas a memorizarem o seu nome, e você mesmo pode sugerir associações engraçadas para ajudá-las com isso. Assim, se você se chamar Sílvio, por exemplo, tente imitar o Sílvio Santos. Com certeza todo mundo se lembrará do seu nome da próxima vez que vocês se encontrarem.

7 – Pense rápido

Caso nada funcione e você se esquecer do nome da pessoa que acabou de conhecer, apresente a ela alguém que você conhece bem. A probabilidade de que o seu amigo pergunte à pessoa como ela se chama é bastante grande e, assim, você pode repetir a dica número 1 — que é a de prestar bastante atenção no momento em que ela r seu nome.

***

E aí, caro leitor, o que você achou das dicas da turminha do AsapSCIENCE? Você já conhecia esses truques? Ou você faz uso de ouras artimanhas para conseguir memorizar os nomes das pessoas? Não deixe de compartilhar conosco nos comentários a seguir!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.