O ganho de peso é capaz de alterar a personalidade das pessoas?

09/05/2013 às 14:022 min de leitura

Crédito: Thinkstock

Fazer dietas e passar por restrições alimentares são fatores difíceis para qualquer pessoa. Quem está muito acima do peso e obeso, passar por um regime pode ser ainda mais difícil. E não é por falta de força de vontade. Segundo um novo estudo sugere, o ganho de peso pode se tornar um ciclo vicioso, pois afeta a personalidade das pessoas e anula sua vontade de fazer dieta.

A pesquisa, divulgada no Daily Mail, foi realizada pela Escola de Medicina da Universidade do Estado da Flórida em que pesquisadores analisaram dados de mais de 1,9 mil moradores de Baltimore, no início e no fim de uma década. Eles descobriram que as pessoas que engordaram pelo menos 10% a mais do seu peso corporal ideal se tornaram mais impulsivas e mais fracas em relação às tentações do dia a dia do que aquelas que os pesos permaneceram inalterados.

Leia também:

Os resultados também revelaram que assim que as pessoas se tornavam mais pesadas, elas ficaram mais autoconscientes, porém menos capazes de tomar decisões. Esta tendência foi relatada pela família, amigos e colegas dos participantes que ganharam peso.

A pesquisadora Angelina Sutin, que liderou o estudo, juntamente com uma equipe do National Institutes of Health, analisou ainda as informações de dois estudos de larga escala envolvendo pessoas de todas as idades e níveis socioeconômicos. Em um deles, o peso dos participantes foi medido em dois momentos. No outro, os participantes relataram o seu peso no início da pesquisa e se foram avaliados por um médico em consultas de acompanhamento. Suas personalidades também foram avaliadas em ambas as ocasiões.

Sutin disse que o objetivo era descobrir se flutuações significativas de peso estão associados a mudanças nos traços da personalidade. "Se o corpo e a mente estão interligados, então, se um muda o outro deve mudar muito. O peso pode ser um problema emocional. Nós pensamos que o ganho de peso pode levar a mudanças a longo prazo no funcionamento psicológico", explicou.

No entanto, os resultados não estabeleceram se o aumento da impulsividade era uma causa ou um efeito de ganhar peso. Em vez disso, os dados sugeriram uma relação íntima entre a fisiologia de uma pessoa e sua psicologia. Essas descobertas podem ajudar em futuros tratamentos de obesidade.

Fonte
Imagem

Últimas novidades em Saúde/bem-estar

NOSSOS SITES

  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • Logo Mega Curioso
  • Logo Baixaki
  • Logo Click Jogos
  • Logo TecMundo

Pesquisas anteriores: