Diarreia ataca francês favorito ao ouro durante marcha atlética
2.337
Compartilhamentos

Diarreia ataca francês favorito ao ouro durante marcha atlética

Último Vídeo

Esta sexta-feira (19) era para ser um dia de glória para o atleta francês Yohann Diniz, de 38 anos: ele entrou como favorito na marcha atlética de 50 km, mantém o recorde mundial da modalidade e liderava a prova no Rio de Janeiro. O corredor, de 38 anos, estava mais de 1 minuto à frente do segundo colocado quando teve uma forte dor de barriga e fez as necessidades enquanto marchava, sujando as pernas e o calção.

Diniz não pensou em desistir: em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, também sentiu dores de barriga e acabou largando a prova. Quatro anos depois, na Olimpíada de Londres, ele foi desclassificado. O pódio no Rio de Janeiro era uma questão de honra, que acabou sendo marcada por uma fatalidade bem nojenta.

Esta é a segunda Olimpíada em que Yohann sofre com problemas intestinais

Confira as 15 melhores reações às vitórias do Brasil sobre a França

O atleta continuou a correr, na manhã desta sexta, enquanto o Sol aumentava a temperatura da prova: a competição começou marcando 21 graus Celsius, mas subiu para 30 graus com a evolução da marcha atlética. Faltando pouco menos de 20 km para acabar a prova, Diniz parou por cerca de 1 minuto, sendo incentivado pelo atleta canadense Evan Dunfee, que o ultrapassou.

O corredor francês voltou à disputa, mas 10 minutos depois ele desmaiou e perdeu mais colocações. Ele ainda conseguiu se recuperar, limpar a sujeira com uma esponja e finalizar a prova, chegando na 8ª colocação. O ouro ficou nas mãos do eslovaco Matej Tóth. O brasileiro Caio Bonfim ficou em 9º.

Yohann Diniz usou uma esponja para se limpar e terminar a prova

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.