Wallace Henry Hartley, ao centro, e os outros integrantes da banda de música do Titanic. (Fonte da imagem: Reprodução/Titanic Site)

Reuters. Por Jason McLure - Uma carta escrita pelo líder da banda que tocava no Titanic e enviada a seus pais na Inglaterra cinco dias antes de o navio bater em um iceberg e afundar -- há um século - foi vendida por 154.974 dólares em um leilão online na quinta-feira.

Um grupo de investimento norte-americano (cujo nome não foi divulgado) comprou a carta escrita pelo britânico Wallace Hartley, na época com 33 anos, que liderava a banda formada por oito músicos que tocavam ragtime e outros estilos para acalmar os passageiros enquanto o navio deslizava lentamente pelas ondas do Atlântico norte.

“Ela dá o microcosmo da tragédia toda", disse da carta o executivo Bobby Livingston, da RR Auction, com sede em New Hampshire, que conduziu a venda. "Havia a esperança de que ele visse seus pais de novo", acrescentou, em uma entrevista.

Hartley enviou a carta no dia 11 de abril de 1912 durante a parada do navio em Queenstown, na Irlanda, de acordo com Livingston. O Titanic afundou nas primeiras horas do dia 15 de abril, na viagem de estreia a partir da Inglaterra, deixando 1.517 mortos.

“Temos uma boa banda e os garotos parecem muito legais", escreveu Harley na carta, prometendo visitar os pais no domingo seguinte à sua volta. "Este é um ótimo navio e uma porção de dinheiro deve ter sido colocada nele", acrescentava Hartley.