13 pessoas que escolheram mensagens curiosas para os seus túmulos
447
Compartilhamentos

13 pessoas que escolheram mensagens curiosas para os seus túmulos

Último Vídeo

Inscrito em uma lápide ou placa, o epitáfio é, geralmente, um pequeno texto que descreve e honra uma pessoa que morreu.

Ele resume informações sobre a família, a carreira e até algumas realizações importantes. Mas nem sempre é assim.

É difícil imaginar que algo tão sério pode ser engraçado ou curioso, mas algumas pessoas mantêm seu humor até após a morte.

1. Mel Blanc foi um grande ator norte-americano. Você pode não conhecer o seu rosto, mas sem dúvidas conhece a sua voz: ele era o responsável por dublar personagens como Pernalonga, Patolino, Gaguinho, Frangolino, entre outros. Por isso, a frase escolhida para a sua lápide foi “Isso é tudo, pessoal”. 

2. Uma semana antes de morrer, William H. Hahn Jr. pediu para que gravassem o seguinte epitáfio: “Eu disse a você que estava doente”.

3. Billy Wilder, o famoso cineasta, roteirista, produtor e jornalista, escolheu uma famosa frase de sua obra “Quanto mais quente melhor”, de 1959: “Eu sou um escritor, mas ninguém é perfeito”.

4. A morte do jovem George Spencer Millet foi tão incomum que ficou gravada em sua lápide: “Perdeu a vida por facada ao cair sobre um removedor de tinta, fugindo de seis jovens que tentavam lhe dar beijos de aniversário no escritório do Edifício Metropolitan Life”.

Em 15 de fevereiro de 1909, 15º aniversário de George e um dia após o Dia dos Namorados, suas colegas de trabalho saíram correndo atrás do jovem, para lhe darem beijos em comemoração pelas duas datas. Assustado, ele saiu correndo e acabou caindo sobre um removedor de tinta – um pequeno instrumento de metal, semelhante a uma faca.

Chocados com o ocorrido, os funcionários chamaram uma ambulância, mas nada pôde ser feito.

5. O famoso comediante Leslie Nielsen quis manter o clima de humor até após a sua morte. Ele resolveu fazer um trocadilho com a sigla “RIP” – Rest In Peace, que significa “descanse em paz” –, e, em seu epitáfio, pode-se ler “let ‘it rip”, que significaria “solto um peido”. 

6. Este curioso epitáfio fica no Cemitério da Universidade do Tennessee: “Enquanto ele viveu, ele estava vivo”.

7. Ninguém pode dizer que Murphy A. Dreher Jr. não era uma pessoa otimista: “Isto não é tão ruim, uma vez que você se acostuma”.

8. Merv Griffin, apresentador de televisão, músico, cantor, ator e magnata da mídia norte-americana, escolheu a seguinte frase: “Eu não vou voltar depois desta mensagem”.

9. Algumas pessoas nunca deixam de falar de política: “Ele nunca votou em republicanos e pouco tinha a ver com eles”.

10. Quando um nome faz realmente sentido: “Deadman” (Homem morto).

11. Robert Barro Allison, um criador de gado e pistoleiro do Velho Oeste americano, tem uma frase bem curiosa em seu túmulo: “Ele nunca matou um homem que não precisasse ser morto”.

12. Frank Sinatra cantor, ator e produtor, escolheu o nome de sua famosa canção: “O melhor ainda está por vir”.

13. Acredite, alguém no mundo transformou o epitáfio em desafio.

*Publicado em 23/02/2016

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.