Paciente antes e depois do FaceTime Facelift (Fonte da imagem: Reprodução/New York Times)

Esta notícia pode fazer com que você fique um pouco assustado. Um cirurgião plástico norte-americano está oferecendo um serviço inédito: “FaceTime Facelift”. Trata-se de um procedimento cirúrgico para dar um aspecto mais jovial às pessoas, sendo especialmente dedicado a quem quer parecer mais bonito na frente da webcam – pois é, isso realmente existe.

O principal foco da cirurgia é retirar marcas do rosto e pescoço, que são muito visualizados nas conversas por vídeo. O médico, Dr. Robert K. Sigal, disse ao New York Times que os pacientes costumam deixar suas webcams em ângulos não muito favoráveis, fazendo com que elas mostrem pequenos acúmulos de gordura abaixo do queixo e rugas no rosto.

Ele também explicou que, ao contrário do que acontece com facelifts comuns, o FaceTime Facelift não deixa cicatrizes em regiões visíveis do pescoço, de um modo que os outros não percebam que houve uma intervenção cirúrgica.

O New York Times afirma que não é uma surpresa as pessoas procurarem este tipo de cirurgia: “Conversas por vídeo estão no cotidiano, desde entrevistas de emprego até encontros românticos”. Qual será o próximo passo da cirurgia plástica?